helena vilela 1 - What Our Team Loved in March

Hi there! Todo mês, a partir de agora, teremos um espacinho aqui no Lolla para dividir com vocês algo que AMAMOS e que fez nosso coração bater mais forte. Detalhe: sempre será uma surpresa, já que tudo é válido, desde que tenhamos realmente gostado a ponto de indicar para vocês. Pode ser desde um produto de skincare até a capa de almofada nova da nossa sala!

helena vilela - What Our Team Loved in March

Recentemente descobri o trabalho da artista Christiane Spangsberg que me deixou encantada! Ela nasceu na Dinamarca, em Copenhagen, o trabalho dela remete aos mestres Picasso e Matisse (que eu amo), com um toque contemporâneo e feminino. Aliás, foi assim que a encontrei, procurando por esboços de Picasso no Google, que me apresentou uma das obras da Christiane juntamente de uma resenha que citava também Matisse, o que me deixou mais curiosa e empolgada com a minha descoberta. A artista já expôs na Austrália, Estados Unidos e mais recentemente na Inglaterra com a exposição “Dance With Me”. Não é lindo? Para admirar por horas!

by Helena

Photo: Doré.

rosa kristin cavallari - What Our Team Loved in March

Eu estou secretamente (até agora) assistindo trash TV quase todos os dias antes de dormir. Já acabei a season 1 de Very Cavallari, o reality show com a Kristin Cavallari, quem lembra dela em The Hills? Ela tem uma marca de fashion jewerly e coisas para a casa, a Uncommon Jame, tem três kids como eu e mora em uma fazenda em Nashville. O reality mostra o drama dela nas lojas com o time do trabalho e um pouco da casa, marido, etc. Reality shows sempre levam a gente para um mundo que basicamente não existe, mas ele é tão legal! Adoro ver o drama das outras pessoas, mesmo que seja fake. É tudo lindo, tudo dourado (a pele, o cabelo, os acessórios!) e não exige muito dos meu neurônios. Venho de uma familia onde a pressão para estar up to date e “gostar de coisa boa” é constante, ser uma fã de reality show é praticamente meu grito de liberdade, uma espécie de rebeldia para fugir da minha realidade. E quem não quer fugir da realidade em um momento como o que estamos vivendo? E hoje para a minha surpresa, li uma entrevista inspiradora no NY Times com uma mulher da minha idade que tem um câncer incurável e que vive há algum tempo como estamos todos vivendo agora, com muito medo do que pode acontecer. Uma das recomendações dela, para navegar tempos estranhos é exatamente essa: Veja um reality TV que você vai ter vergonha de contar que está vendo. Dá pra ver na Apple TV. 

by Rosa

 

Bia zuquim wkp outfit - What Our Team Loved in March

Confesso que nunca fui de malhar pesado, tenho pavor só de olhar aquele povo de crossfit correndo pelo quarteirão com bolas gigantes nas costas. Admiro, mas sei que não é para mim. Ainda assim, sempre gostei de me movimentar um pouco que seja (já tive a fase louca do spinning, do funcional entre outras modalidades), e, graças a uma das minhas melhores amigas (thanks, Con <3), descobri um app de treinos que está realmente me ajudando a gastar energia e, literalmente, fazer meu coração bater mais forte todas as manhãs dessa época de quarentena. Ele se chama WKT. Normalmente, é um app pago, no entanto, em razão de tudo que estamos vivendo, foi liberado 30 dias grátis! 

Ok, mas o que ele tem de tão especial? Bom, primeiro que ele monta um treino específico para você, como se fosse uma avaliação em academia mesmo. Qual seu intuito (perder peso, fortalecer, alongar), quantas vezes por semana você se propõe a treinar, qual o seu limite de tempo disponível, se você tem acessórios para te ajudar nos treinos, enfim, tudo bem mastigado para te ajudar ao máximo! Além disso tudo, e o que eu achei mais legal, é que são treinos curtos, porém super efetivos. Tem opções de 20 minutos, de 15, de 7 e que te fazem pingar de suor, juro! Agora, suponha que você acorde um dia sem motivação alguma mas ainda queira fazer algo. Você pode escolher fazer uma meditação guiada por exemplo, de alongamento ou até mesmo uma aula de pilates! Realmente, não temos desculpa para não movimentar o corpo!

Durante essa época que estamos em casa, acredito que manter a mente saudável tem sido tão importante quanto o corpo. Seja da forma que você preferir, sugiro que encontre algo que te motive e que você possa praticar diariamente. Criar hábitos prazerosos faz toda a diferença! Esse app tem me ajudado muito, é minha válvula de escape todas as manhãs e estou amando!

by Bia Zuquim

gloria music strokes - What Our Team Loved in March

Esses dias me peguei pensando na minha diarista… linda, maravilhosa, SANTA! Prometo nunca mais reclamar do preço da diária, vale cada centavo! Mas… em tempos de pandemia e com todo tipo de restrição à mobilidade e certas mordomias, fiquei contente em constatar que meu incômodo com bagunça e sujeira é infinitamente maior que a minha preguiça, então house chores agora fazem parte da minha agenda diária, com as devidas instruções da minha “fadinha”, que me passou todas as dicas para eu cuidar de casa tão bem quanto ela sempre cuidou. Ainda assim, mesmo morando sozinha, em um apto relativamente pequeno, raramente cozinhando e com um personal style que se resume no momento a apenas switching sweatpants, me vejo penando para finalizar as tarefas.

Este sábado, acordei com uma pilha giga de louça para lavar – que admito ter deixado acumular uns três dias – ao abrir os olhos na cama já estava me lamentando e pensei: preciso tornar isso menos penoso, rsrsrs… E me lembrei de algo que não fazia há muito tempo: ouvir música! Ouvir mesmo, curtir um álbum inteiro de alguma das minhas bandas favoritas! Prontamente já me animei! A seleção musical foi o álbum Angles de 2011 do The Strokes, então naquela manhã ouvi músicas que esqueci o quanto amava, me deleitei ao ver que ainda lembro de todas as letras, me peguei dançando enquanto cantava e lavava a louça e até me engajei em outros afazeres após terminar a louça para ouvir o álbum até o final! Foi incrivelmente mais fácil, confesso, até prazeroso!!

Então parece que esta semana encontrei uma maneira de cumprir minhas tarefas para manter minha casa como eu gosto e resgatei um hábito que nem tinha percebido o quanto me fazia falta, me fez perceber como temos o poder de tornar a nossa vida simplesmente mais fácil.

by Gloria

KANUCHA - What Our Team Loved in March

As músicas da Dua Lipa tem me animado bastante durante este tempo de isolamento. São leves, dançantes, pra cima. Só de ouvir os hits-chiclete tipo Don’t Start Now ao acordar, meu dia já muda.

Agora quero saber de vocês! O que têm ajudado vocês a manter a mente e o corpo sãos nessa loucura que estamos vivendo? 

 

P.S. My Best Splurge Shopping and Last month best of.

POST A COMMENT