1083f37fce47f9b57ab5ad51ac4d2351 - Você precisa da APROVAÇÃO dos outros?

“A nossa autenticidade é impactada pela nossa incessante necessidade de aprovação dos outros e isso está afetando a nossa autoconfiança”.

POR QUE PRECISAMOS TANTO DA APROVAÇÃO DOS OUTROS? E POR QUE A APROVAÇÃO EXTERNA DE ALGUÉM É MELHOR DO QUE O RECONHECIMENTO INTERNO DE NOSSOS PRÓPRIOS SUCESSOS?

Há um tempo fiz uma sessão de terapia na qual eu descrevia a constante sensação de ‘arrependimento’ por algo que tinha dito em um encontro com uma amiga. Dias depois, em uma outra situação, percebi que se não bastasse sentir isso, eu não conseguia parar de repetir a conversa indefinidamente na minha cabeça, escolhendo momentos em que eu achava que podia ter ‘passado a imagem errada’ –  ‘será que ficou ruim?’; ‘Será que vão achar que eu sou preconceituosa?’; ‘Devia ter perguntado X, parece que eu não me interessei o suficiente…’ e por aí vai.

Para meu alívio, esse comportamento parece ser “normal” entre as pessoas que costumam subestimar o quanto são “queridas” depois de interagir com outra pessoa. “Não costumamos perguntar às pessoas o quanto elas gostam de nós depois que uma conversa termina, nos resta arriscar nossos próprios palpites, repetindo conversas e reavaliando tudo o que dissemos, imaginando como isso soava para uma pessoa cujos valores e peculiaridades de personalidade ainda não conhecemos.’ Vocês também fazem isso?

Investigando tudo isso mais a fundo, percebi que minha auto análise era cheia de autocrítica e negativismo, especialmente se esse alguém que acabava de conhecer era novo. O problema é que essa atitude somada ao maior obstáculo para lidar com nossas inseguranças nos dias atuais – as redes sociais – foram minando a minha autenticidade, mas não só isso. Como a autenticidade para mim sempre foi justamente sobre não precisar tanto da aprovação alheia, eu também fui perdendo a confiança em mim mesma.

Quoting Brené Brown, “é preciso coragem para ser imperfeito”, porque na maioria das vezes nós estamos com medo. Medo dos julgamentos, do fracasso, da rejeição. Nos preocupamos se realmente falarmos a ‘nossa’ verdade, ir atrás do que queremos e deixar tudo acontecer, as pessoas irão gostar de nós.

E um dos segredos da autenticidade é saber equilibrar o peso que damos para a validação externa e autovalidação. Lembrando que a primeira faz parte do nosso cotidiano já que vira e mexe buscamos feedback e incentivo de outras pessoas; ela é a aceitação e reconhecimento vindo de outra pessoa. Já a autovalidação, reflete a nossa própria capacidade de reconhecer nossa experiência pessoal e interna.

O problema surge exatamente quando uma pessoa não sabe obter e receber sua própria autovalidação, buscando constantemente aprovação alheia para assim ser independente e ter ‘confiança’, matando qualquer chance de ser autêntica e pior, dando origem a uma possível  ‘síndrome do impostor’,  “alimentando uma crença interior de que você não é bom o suficiente, ou não pertence”.

O fato é que é realmente difícil ser autêntico em um mundo pautado em likes e followers e repleto de críticas, mas o exercício diário de aprender a reconhecer quando você está buscando validação de fontes externas pode ajudar.

Isso te colocará mais perto do equilíbrio, quebrando esse ciclo vicioso da validação externa que o mundo moderno nos colocou.

___

Photo: Pinterest
Texto adaptado da Newsletter Eat Your Nuts para o Lolla
CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A NEWSLETTER EAT YOUR NUTS

by Beatriz Muroch (Eat Your Nuts)

Be Muroch é uma comunicóloga paulistana, morando em Londres, onde se dedica para sua newsletter semanal e instagram @EatYourNuts, sobre atualidades e assuntos criativos que rolam pelo mundo.

0 Comments

POST A COMMENT