b136931cba6f8680a812ef82287cb45c - Vale a Pena Comprar um KINDLE se Você Ama Livros de Papel?
Foto: @restinvogue

Eu era totalmente contra.  Em casa, minha mãe sempre foi de ler, então a gente cresceu perto dos livros e com muito incentivo para a leitura. Gosto de escolher o livro, a capa, ler a orelha, anotar meu nome e ano de leitura na folha de rosto – assim como mamãe sempre fez e nos ensinou. A sensação de pegar um livro com o nome dela anotado dentro sempre fui uma forma de conexão profunda entre nós. 

Logo, eu sempre amei livros impressos e todas as sensações que segurar as folhas de papel me causam. O cheiro, o peso, os desenhos, grifar com lápis as passagens que gosto, enfim. Books aficionadas me endenderão! Já até fiz parte de clube de leitura – o da TAG – e aguardava ansiosa pela meu recebido semanal para se surpreendida com uma bela edição. Sou dessas que gosta de admirar até o livro fechado na estante.

Então quando o Kindle surgiu, eu fui contra. Achava um absurdo quererem acabar com uma das relações mais antigas da humanidade com o papel. E, me contradizendo, comprei um kindle. 

Comprei um kindle 2n hand de uma amiga que ficou 2 anos jogado em uma gaveta sem eu nunca nem ter me dado o trabalho de carregar a bateria.

Resisti até que a tecnologia me venceu. Quando voltei a morar em Paris no ano passado, eu precisava dos meus livros e queria ter a possibilidade de ler em português. Da primeira vez que morei aqui, eu senti falta de ter acesso à títulos que eventualmente não teria como achar rápido ou fácil em português…

Foi ai que lembrei do tal Kindle engavetado. Ele veio comigo do Brasil. Não foi difícil a adaptação como achei que seria, pelo contrário. Me surpreendi e virei fã! Sim, logo eu.

Screen Shot 2021 09 08 at 16.51.47 - Vale a Pena Comprar um KINDLE se Você Ama Livros de Papel?

What I LOVE about Kindle

Amo a possibilidade de levar o Kindle para passear, e poder comprar um livro que me dê vontade de ler naquele momento. Por exemplo, na minha última viagem, queria ler Sidarta. Pronto, baixei!

Também gosto de baixar as amostras grátis e ler algumas páginas para ver se engajo na leitura do livro escolhido, outra possibilidade incrível do Kindle. Ah e  tem a parte de grifar e poder voltar na página grifada em um clique, gosto!

O tal do livro eletrônico me ajudou a manter o hábito da leitura mesmo fora de casa e para viagens é a melhor opção. A Rosa – nossa Big Boss – inclusive começou a ler mais depois que comprou o Kindle. 

Apesar de gostar da praticidade do Kindle, para mim não substitui a experiência do livro físico, ainda meu preferido. Mas, imagino que os dois possam viver em harmonia – que a Bianca do passado não me escute rs.

A verdade é que minha experiência tem sido tão positiva que até resolvi comprar um Kindle de presente para minha irmã no natal passado. Mesmo longe uma da outra, a gente consegue compartilhar contas e ler os mesmos livros, um hábito que quero sempre manter!

SHOP KINDLE

Leia também Entrevista com Daphne Zabo, que lançou seu primeiro romance pela Amazon, available on Kindle!

by Bianca Longo

Editora e colunista de sustentabilidade e internacional (Paris)

0 Comments

POST A COMMENT