melhorbairrodelondres - Um dia pelo bairro de Marylebone, o favorito da Be Muroch em Londres

Quando cheguei em Londres conhecia vários bairros da cidade, mas não conhecia o bairro de Marylebone. Aliás, eu acho que esse bairro ainda é pouco conhecido entre turistas, mas não é pouco explorado. Isso porque nos últimos anos muitas delicatessen, lojas, restaurantes, cafés, pubs e até galerias foram abrindo suas portas, tornando a região super charmosa e uma ótima opção de programa a ser explorado a dois, em família, com amigos e até sozinho. 

Marylebone fica no centro de Londres e é uma verdadeira ‘vila urbana’, sendo tanto residencial quanto comercial, captando toda a atmosfera agitada da cidade ao mesmo tempo que passa tranquilidade. O considero diverso, cheio de moradores cosmopolitas e lojas bacanas, sem falar na variedade de atrações culturais, como o Museu Sherlock (conhecida como a residência do personagem fictício, Sherlock Holmes), o Madame Tussauds e a Igreja Católica Romana de St James. Eu morei lá por dois anos e sempre senti um forte senso de comunidade – o considero um lugar muito desejável para se viver em Londres. Então hoje quero dividir com você todas as minhas descobertas e achadinhos que valem a visita. Se estiver por Londres já sabe, não deixe de ir. 

 

11:00 – Café da Manhã no Daylesford

Sou muito suspeita para falar desse lugar. Daylesford é considerada uma das fazendas orgânicas mais sustentáveis do Reino Unido e fica localizada a uma hora e meia de trem de Londres. Com várias lojas espalhadas pela cidade sendo uma delas em Marylebone, a marca que já ganhou e continua a ganhar vários prêmios, é um verdadeiro oásis orgânico e perfeito para você tomar um café da manhã tranquilo enquanto se delicia com alimentos orgânicos sazonais, pão fresco, queijo artesanal e muito mais. Além disso, você também pode desfrutar e fazer umas comprinhas de peças deusas e úteis para sua casa e jardim.

 

12:30 – Andando pela Marylebone High Street

A rua principal do bairro é a Marylebone High Street com várias lojas de design e moda, inclusive a famosa Selfridges que se encontra no final da rua, já na Oxford Street – aliás, eu considero essa rua justamente um refúgio à ela. Portanto, para começar o seu passeio, indico vir da Marylebone Road (onde tem a estação de metrô Baker Street e o Madame Tussaud’s), e logo no começo da rua você se deparará com a The Conran Shop, especialista em design e decoração com mais de 50 anos no mercado. 

Na sequência eu ficaria flanando pela rua e visitando todas as lojinhas: Aesop, Diptyque, Joseph, American Vintage, Ace & Tate (melhor loja para óculos com bom custo benefício), Le Labo, Koibird, Luca Falone (roupas chiques ao mesmo tempo casuais para homens), a multimarca Matches Fashion, Rixo, Sandro, The Kooples, entre muitas outras. 

 

14:30 – Almoço no Opso

A região tem muitos restaurantes e para todos os gostos: francês, italiano, frutos do mar, japonês, americana, saudável e por aí vai, mas já que resolvi escolher um, eu indico o grego Opso. Já perdi as contas de quantas vezes eu comi e levei amigos que estavam de passagem para se deliciar com suas tapas modernas. O ambiente é super descontraído, animado, sendo uma excelente opção no jantar também. E já adianto, é sempre melhor fazer reserva.

 

15h30 – Hora de ir na livraria mais charmosa de Londres

O bairro consegue se superar e nos dar de presente a livraria mais charmosa e bela de Londres, de acordo com sua própria reputação. Fundada em 1990, a loja organiza os livros por país, permitindo que você explore e desfrute de uma experiência de compra verdadeiramente única. A Daunt Books tem algo para cada amante de livros, tanto para os jovens como para os mais velhos. É facinho se perder nas horas e ficar por lá…

 

17h00 – Queijos e vinho para o lanchinho da tarde

Provavelmente sua perna vai estar cansada e você vai começar a ter uma fominha, depois de tanto caminhar. Sendo assim, eu te convido a desfrutar de uma seleção de queijos e tomar uma taça de vinho em uma das melhores ‘cheesemongers’ de Londres – que olha só, por coincidência também está no bairro. A La Fromagerie possui uma adega de maturação, uma espécie de geladeira gigante de queijos e um claro, um affineur (especialista em queijo), que está à disposição para ajudar nas seleções. A loja também vende pães artesanais, charcuterie, vinhos finos e uma variedade de ingredientes secos, incluindo azeites extra-virgens, além de ter uma cozinha servindo um cardápio diário de saladas, sopas e outros pratos sazonais. Prepare-se para ficar maluco de tanta coisa deliciosa.

 

https://www.instagram.com/p/CMcXuMAHgWY/?utm_source=ig_web_copy_link

17h45 – Dar uma passadinha na melhor e mais exclusiva farmácia de Londres

A John Bell & Croyden pode ser considerada uma genuína instituição de Marylebone, com uma história que pode ser rastreada até 1798. Lá tem absolutamente tudo e nem a consideraria uma farmácia e sim um empório devido sua ampla gama de produtos e serviços de saúde e beleza de alta qualidade. Adianto que a minha seção favorita é a de vitaminas e suplementos, é de chorar de tanta variedade – você vai passar facilmente 1 hora lá. 

 

19h00 – Finalizar o dia em um pub local

Nada melhor do que entender o público que frequenta uma região do que sentar em um pub e ficar observando o ir e vir das pessoas. Recomendo o The Marylebone, um pub/bar moderno especializado em coquetéis e claro, pints! Cheers

LOLLA CITY GUIDES: LONDRES

LOLLA CITY GUIDE: Um Guia Completo dos BRECHÓS mais legais de LONDRES

Bucket List dos MELHORES PUBS para ir em Londres

by Beatriz Muroch (Eat Your Nuts)

Be Muroch é uma comunicóloga paulistana, morando em Londres, onde se dedica para sua newsletter semanal e instagram @EatYourNuts, sobre atualidades e assuntos criativos que rolam pelo mundo.

0 Comments

POST A COMMENT