playroomtvwall 1 - Quando Ligar o Alerta Para o TEMPO DE TELA das Crianças
@winterdaisykids

Pais de pandemia se identificarão. Quem não liberou mais tela do que deveria para as crianças nestes últimos 2 anos provavelmente está mentido. E agora estamos todos ressentidos, preocupados e atentos ao mal que esse tempo ilimitado na frente das telas pode fazer mal para as crianças.

A coisa mais importante para prestar atenção no limite do tempo de tela com as crianças é se elas estão participando de forma ativa em outras atividades, fazendo esporte, se divertindo, fazendo a lição de casa, conseguem ter conversas com pessoas da familia, dão risada e conseguem relaxar. Se isso tudo está acontecendo, você pode relaxar um pouco com relação ao tempo de tela. Mas isso é mais valido para crianças mais velhas ou teenagers.

Quando se trata dos pequenos, as telas podem interferir no desenvolvimento. Crianças com menos de um ano e muito tempo de tela podem ter o desenvolvimento de algumas tarefas mais atrasadas. Nada substitui o cara-a-cara em relação a maneira como os seres humanos interagem nos primeiros meses de vida e aprendem a linguagem social. Telas fazem parte da vida de quem nasceu nos últimos 10/15 anos, não se assuste. Mas os limites precisam ser claros.

PARA FICAR DE OLHO

Alguns estudos indicam que a maioria dos adolescentes que usam social media não tem experiencias negativas. Eles usam as telas para interagir com amigos e comunidades que se indentificam, e para facilitar a vida em torno da escola e atividades. Você precisa ficar de olho, mas não precisa freak out.

Por outro lado, adolescentes que possuem uma tendencia melancólica, ansiosa ou depressiva, precisam de mais cuidados com relação às telas, os riscos de cyberbulling e outros triggers de ansiedade estão mais próximos.

Para conseguir controlar melhor o tempo, um indicativo bom é 1/3 do tempo livre das crianças podem ser dedicados as telas e isso pode ter efeitos positivos, como a interação com amigos, isso na verdade ajuda a desenvolver a saúde mental. Mas mais do que isso pode ter o efeito contrario para a saúde mental, podendo aumentar o risco de ansiedade, depressão, abuso de substancias e isolamento social.

Bottom line: como tudo na vida, equilíbrio é tudo. E abuse do bom senso tanto para absorver noticias terroristas quanto para prestar atenção no comportamento dos seus filhos.

Para saber mais, leia o report sobre Mental Health do Child Mind Institute.

POST A COMMENT