Print Lovers, Rejoice! Encontrei o Paraíso e ele fica em Stockholm

kinfolk11 3 - Print Lovers, Rejoice! Encontrei o Paraíso e ele fica em Stockholm

Eu sou uma super fã de revistas. Sou aquela nostálgica que fica brava quando algum cético fala “Quem lê revista?”. Eu. Eu leio revista, de papel e amo uma banca de jornal, uma papelaria e fiquei genuinamente feliz em ver que as revistas voltaram para a Livraria Cultura. Como pode uma coisa tão eterna como a informação impressa um dia desaparecer? Não é possível que a gente permita isso… Ler um livro de papel consegue de fato acalmar a mente, reduzir a ansiedade, fazer você se desligar da própria realidade para abrir a mente e ainda te ajuda a dormir.

A internet limita a liberdade criativa, as manchetes precisam ser sensacionalistas para fazer você clicar e ficar ali no limbo do algoritmo que pouco se afetam pela diagramação editorial e não se baseiam em histórias inspiradoras.

A mídia impressa te torna mais vulnerável, ta só você ali para interpretar o que está lendo, vendo e se inspirando. O seu cérebro está focado, sem outras tabs abertas no navegador. As revistas constroem histórias, são como uma linha do tempo.

Eu amo a internet, não vivo sem isso, o Lolla nem existiria sem os blogs. Mas papel é fundamental. 

Descobri essa livraria em Stockholm, a Paper Cut. Eles vendem todas as revistas de nicho que eu já tomei conhecimento da existência e que amo ver, ler e comprar. Eu amo um lugar como esse, e já disse por aí que é meu futuro empreendimento quando ficar velhinha. Vou ter uma livraria, cheia de livros de arte e lifestyle, revistas, flores, café, queijos e vinhos. E meus netos vão lá tomar um vinho comigo e reclamar dos meus filhos.

Rosa Zaborowsky

by Rosa Zaborowsky

Editor & Founder of Lolla.

POST A COMMENT