Our Team’s Little Joys of the Week

IMG 8187 scaled - Our Team's Little Joys of the Week

Rosa, founder.  Sexta-feira tive um jantar inesperado na casa dos meus pais. A gente comeu home made pizza, que meu pai preparou e uma tia muito querida se juntou a nós com a família dela. No final do ano, ela passou por um problema de saúde e deu um susto enorme em toda a família. Fiquei olhando ela andando pela casa, comendo, conversando e pensando no gift of life. Definitivamente a falta de controle que temos diante da única certeza da vida pode te paralisar ou te levar para um lugar mágico todos os dias. It’s up to you.

Beatriz, lifestyle writer. Tenho apenas uma avó, mãe da minha mãe. Em tempos normais, confesso, tinha preguiça de ir visitá-la e sempre voltava chateada quando a via. Chateada porque sentia que sua energia já não era das mais positivas e lamentava o fato de não poder fazer nada para mudar isso. Domingo, fui vê-la no final da tarde. Ela estava tão espirituosa, tão leve e falante! Só saí de casa no final de semana para vê-la e foi realmente memorável. Inclusive, escrevi essa little (big) joy sentada no sofá da casa dela, com ela na minha frente. Vou lembrar desse momento para sempre, com certeza <3

Helena, lifestyle writer. Eu sou devota de Sta. Terezinha do Menino Jesus, a santa que envia rosas em sinal de que sua graça será atendida. Essa semana estava na fila do correio e rezei o terço de Sta. Terezinha pensando em algo que eu quero muito que aconteça. No dia seguinte recebi um arranjo de flores lindo de uma amiga pelo meu aniversário (adiantado!), e na mensagem ela falava sobre Sta. Terezinha sem nem desconfiar que na véspera estava eu na fila dos correios rezando por ela. Sabe, dizem que os santos que nos escolhem como devotos, eu fico feliz pela irmandade com que Sta. Terezinha me presentou! 🙂

little joys 20 07 2020 marcela 01 lolla scaled - Our Team's Little Joys of the Week

Marcela, lifestyle writer. Fazia muito tempo que eu não conseguia ter um final de semana mais relax por conta da loucura da mudança para o novo apartamento, minha vida está toda em caixas e sacos, então resolvi que nesse final de semana iria deixar tudo de lado e curtir um slow weekend junto a família. Fiz minha comfort food, frango assado recheado, arroz com brócolis e meu white wine, claro. Esse cantinho da casa sem dúvidas é meu preferido, bate um solzinho durante a tarde o que faz com que os almoços durem até mais. Ter deixado algumas coisas de lado e curtir um final de semana mais calmo, sem dúvidas me fez muito bem e me preparou para mais uma semana intensa de trabalho.

Glória, deputy editor. Tive um episódio weird essa semana, mas que colocou um sorriso no meu rosto e de outra pessoa também. Já era tarde, umas 23:30h, estava voltando de carro para minha casa depois de jantar nos meus pais. Fui me aproximando de um cruzamento com o farol vermelho para mim, e como sou super medrosa, já estava alerta e procurando ver se não tinha alguém à espreita, foi quando vi um morador de rua vindo em direção à minha janela. Já mencionei que sou super medrosa? Rsrs… Então nestas circunstâncias, sabendo que eu não abaixaria o vidro nem para o Papa, e não poderia oferecer nada para aquele senhor a não ser uma friendly face, então abri um grande sorriso e de maneira descontraída indiquei que não poderia contribuir. Ele foi tão receptivo, também abriu um grande sorriso, abriu os braços, falou coisas como “vai com Deus”; como reflexo meu sorriso abriu ainda mais e saí até dando tchauzinho quando o farol abriu. Aquilo tudo foi tão heart-warming mas ao mesmo tempo triste, me fez pensar que há muito ele não via um rosto amigável para ter uma reação tão doce a alguém que apenas lhe abriu um sorriso.

Pensando nisso e em como ajudar além de um sorriso, aqui vai uma lista de instituições que ajudam pessoas em situação de rua: 

 

Lolla Team

by Lolla Team

Read ’s posts

POST A COMMENT