O que nunca te falaram sobre usar Calcinhas ABSORVENTES

Bianca Longo
calcinhas absorventes

Faz 3 anos que uso e não abro mão. Eu abandonei as minhas old granny panties para usar calcinhas absorventes bonitas durante o meu fluxo e sou muito feliz com essa escolha! Além de ser uma opção mais sustentável  – o absorvente comum demora 500 anos para se decompor -, a sensação de estar usando uma CALCINHA na menstruação é indescritível. Conforto total. Hoje, se tenho que optar por outro método, não gosto, me adaptei bem às calcinhas absorventes pelo conforto – definitivamente não pela praticidade rs. Tem suas vantagens e inconvenientes, então é preciso testar e ver se você se adapta! E o Lolla está aqui para te ajudar e esclarecer dúvidas!

Como começar e onde comprar?

Não vou mentir, usar calcinhas absorventes é muito mais conveniente quando você está em casa. Inclusive você pode começar testando quando estiver no home office ou no final de semana. Nesse começo, eu sugiro testar marcas diferentes para ver com qual se adapta melhor. Nem todas funcionam bem para todo mundo.

Pantys  é uma marca pioneira nesse mercado no Brasil e tem feito um trabalho incrível para desmitificar o preconceito contra calcinhas absorventes, trazendo um olhar cool e sexy para a sustentabilidade.

Outras marcas no Brasil são: a  Hope, que traz esse mesmo conceito da Pantys de calcinhas bonitas e lançou sua linha própria no final do ano passado, a Kouri da Bela Gil, a Inciclo, e a Herself . É um mercado novo ainda no país, mas pode apostar que vai crescer e que em breve teremos mais e mais marcas e designs legais.

Quantas calcinhas absorventes vou precisar?

Depende do seu fluxo. O meu fluxo normalmente uns 5 dias, sendo 2 dias intensos, 2 moderados e 1 tranquilo. Então é mais uma questão de você conhecer bem o seu fluxo e ter umas extras se precisar!

Minha experiência pessoal:

  • 3-4 calcinhas para os dias de fluxo intenso
  • 2 a 3 calcinhas para dias de fluxo moderado
  • 1 troca quando o fluxo já está no final

Mas calma, não vai sair comprando 15 calcinhas de uma vez. Teste marcas diferentes, vai vendo como você se adapta.

Qual modelo escolher?

Eu preferi comprar todas as minhas calcinhas para fluxo intenso – que podem ser usadas nos dias de fluxo moderado  e leve -, além de 3 para fluxo noturno.

Comecei usando a da Pantys, tenho e uso as calcinhas absorventes da marca até hoje, especialmente o modelo dreamer – um shortinho para fluxo noturno que adoro! O outro modelo que uso é a HOT PANT preta para fluxo intenso, mas essa eu preciso fazer mais trocas –  as minhas Pantys mais antigas absorviam melhor do que as mais novas que comprei em 2020, não sei se mudaram algo, mas a sensação de estar seca durava mais… Como moro fora, não tive a oportunidade de testar as demais marcas brasileiras ainda, e fiz minhas últimas compras de marcas daqui – na Europa temos muitas opções.

Como trocar as calcinhas absorventes fora de casa?

É só seguir exatamente o mesmo princípio do absorvente comum, levar numa bolsinha quando for no banheiro.  A segunda parte é que muda, ao invés de jogar no lixo, você vai precisar guardar a calcinha usada numa bolsinha. “Ai que nojo” -, sim, já ouvi muita gente falando isso, mas sei que é por puro desconhecimento!  Não se preocupe, não tem nada de nojento, e até mais higiênico do que os absorvente comum ou interno. Se você trocou a calcinha no momento certo, tudo está absorvido e sequinho, não fica pingando e nem com cheiro como a maioria das pessoas imagina! Algumas marcas inclusive vendem uma bolsinha apropriada para colocar as calcinhas usadas. Sucesso.

Como lavar?

Bom, se você chegou aqui você provavelmente está pensando que esse negócio de ser sustentável dá muito trabalho. E você tem razão. Usar calcinhas absorventes requer sim um esforço extra do que simplesmente usar um descartável… como tudo na vida que não é descartável, precisa ser lavado. Mas não deixe a preguiça te vencer!

A boa notícia é que você pode colocar suas calcinhas absorventes na máquina de lavar. Eu apenas recomendo fazer uma pré lavagem a mão no tanque ou no banho para tirar o excesso de fluxo – ideal que a água não esteja super quente (morninha para fria). E na máquina não pode colocar amaciante, apenas sabão.

O que eu NÃO recomendo é molhar a calcinha e deixar para lavar depois. Ai vai ficar cheiro. Te garanto! Melhor guardar ela seca e suja até o dia que você for lavar de verdade. Como hoje eu já tenho uma boa quantidade de calcinhas e não preciso repetir as mesmas durante o meu ciclo – já fiz isso e dava mais trabalho. Eu vou guardando as usadas num recipiente seco até o dia que vou lavá-las de uma só vez. Ai é balde de água, deixar um pouco de molho para o sangue sair, jogar a água fora, mais uma passada de água agora esfregando com sabão de coco, e ai já coloco nos saquinhos de delicados para jogar na máquina de lavar. 

ps: esse é meu método para lavar e trazer praticidade para minha vida ao mesmo tempo que tento ser mais sustentável. Algumas marcas recomendam que a lavagem seja feita em até 12hrs após o uso.

 

Ainda na dúvida? O Lolla Team listou as vantagens e desvantagens de usar calcinhas absorventes

Vale a pena porque:

  • você está usando uma calcinha, ponto. A sensação é muito melhor e mais cômoda do que o tradicional absorvente que a gente cola na calcinha e pode descolar e se deslocar.
  • estudos dizem que é melhor para a saúde vaginal do que o absorvente comum descartável que tem um monte de químicos e que não deixam sua ppk respirar.
  • é também mais gentil ao toque, já que as calcinhas absorventes são feitas de tecido, logo não vão te machucar;
  • para quem gosta de usar absorventes diários, também uma ótima opção para substituição. Você sabia que esse protetores não são tão legais para sua flora vagina? As marcas de calcinhas absorventes oferecem modelos para fluxos leves e podem ser usados no dia a dia como se fosse uma calcinha mesmo.
  • é uma boa alternativa para quem não usa coletor menstrua e quer ser sustentável.
  • para quem tem um fluxo intenso e tem medo de vazar, é possível usar junto como reforço do absorvente interno ou coletor menstrual, na pior das hipóteses, vai vazar na calcinha absorvente! 
  • é sustentável, já que você vai deixar de descartar um número absurdo de absorventes no meio ambiente por ano e que demoram 500 anos para se decompor nos aterros.
  • tem uma alta durabilidade e pode ser reutilizado muitas e muitas vezes.

É meio inconveniente porque:

  • como é um produto que você não vai jogar fora, é preciso lavar.  E muitas vezes você vai precisar guardar na bolsa para lavar depois – parece perrengue, mas de verdade, é mais uma questão de hábito.
  • é um investimento alto no começo, porque você vai precisar comprar mais de uma calcinha se quiser usá-las durante todo o seu ciclo – que depois se compensa, já que é um produto com alta durabilidade.
  • demora para secar e não pode colocar na máquina de secar. 
  • não é prática para levar em viagens, pois você precisa levar muitas trocas e ocupa um espaço considerável, além de precisar trazer de volta. Dependendo da viagem eu levo, senão levo somento as nortunas e durante o dia uso coletor menstrual ou o absorvente interno. 

 

 

SHOP PANTYS NA AMARO

 

LEIA TAMBÉM:

 POBREZA MENSTRUAL: Conheça e Doe Para o Projeto Dona do Meu Fluxo

Share this story

Comments Expand -
Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.