3f04cf8684c4b888b8c1a777a68cf7a8 - LOLLA CITY GUIDE: Mallorca Chic & Cool
Foto: Julia Berolzheimer

Desde que voltei das minhas férias em Maiorca, estou enrolando para montar esse tour guide. Maiorca é uma ilha complexa e relativamente grande, com muitos landscapes e lugares para diferentes tipos de públicos e experiências. “More than most places, Mallorca means different things to different people“, como bem definiu Paul Richardson para o CN Traveller. 

Confesso que antes de conhecer Mallorca, tinha um pé atrás com ilha, inclusive já tinha ouvido falar meio mal. Foi a última das Baleares que decidi conhecer e foi uma escolha motivada por falta de opção e o last minute travel planning. Minha irmã tinha ido para ilha em julho, o que me ajudou muito na definição do roteiro.

Foi o artigo do Paul que me abriu os olhos para uma outra Mallorca. Uma Mallorca de designers e artistas inspirados por um ethos artesanal, de chefes locais redescobrindo uma gastronomia autêntica farm-to-table, de hotéis de luxo que valorizam a experiência do slow-life.

Descobri que Mallorca tem um lado despretensiosamente chique, cool e autêntico, você só precisa saber onde ir.

 

ALUGUE UM CARRO

Se você for visitar vários lugares, a melhor forma de conhecer Maiorca é de carro. Vai te dar flexibilidade para visitar as Calas e se deslocar para diferentes partes da ilha. Nós tínhamos 10 dias e escolhemos conhecer a costa sudeste e o lado oeste de Mallorca.

PRO TIP: alugue o carro de empresa confiável – Sixt, Europcar, Avis, Hertz – para não passar perrengues! Maiorca é conhecida pelos scams das locadoras de carro, que querem cobrar valores não contratados e adicionais, ou pedir depósitos elevados e abusivos. Na ponta do lápis, você vai pagar o mesmo preço por uma empresa confiável e até um carro melhor, já que essas empresas mais conhecidas sempre têm carros disponíveis para oferecer free upgrade.

 

Costa Leste

A costa leste é bem turística já que é famosa por suas praias de mar azul turquesa. Para fugir das cidades mais cheias com “resorts”, escolhemos ficar na Cala Figuera, por recomendação da minha irmã. É uma mini cidade com um porto, super charmosa, e que traz o melhor da Old Mallorca. Não espere hotéis e restaurantes sofisticados, aqui tudo é bem familiar e tranquilo. E tem vista para o mar, tudo o que queria para começar as férias e entrar no mood slow life.

Praias

A maioria das praias é acessível de carro. Você vai encontrar estacionamentos para parar, e depois vai fazer um pequena trilha até chegar nas calas. Comparando com Ibiza e Menorca, achei bem mais tranquilo para estacionar. Sugiro visitar as praias do Parque natural de Mondragó, a Cala Llombards, Cala Màrmols, Es Caragol. – verifique o tempo de trilha antes e se tem algum “barzinho” na praia, a maioria não tem.

PRO TIP: alugue um barco por 1 dia para visitar as praias mais concorridas.  E não precisa ser um yatch não, no porto de vários cidades é possível alugar aqueles barquinhos com motor, chamados “zodiacs”, e não precisa nem de licença. Alugamos o nosso em Porto Pietro. Apesar de não precisar de licença, atenção ao vento e muito respeito ao mar. Se estiver agitado, não vá!

Onde ficar

Airbnb de frente para o mar na Cala Figueira.

 

Costa Noroeste

Fornalutx

Considerada como uma das vilas mais bonitas da Espanha, Fornalutx é um mini vilarejo todo em pedra no meio da Serra de Tramuntana. Breathtaking. Adoramos nos hospedar aqui, a mudança de praia para montanha foi uma ótima opção no meio do nosso roteiro. Dias para sossegar, relaxar e aproveitar o hotel e o silêncio. É possível se hospedar em Fornalux e conhecer as praias e outras cidades da região.

Onde Ficar

Hotel SA Turqueta. Gostamos tanto que mudamos nosso roteiro para passar mais dias aqui. Os quartos são apartamentos com cozinha e sala, o que é ótimo para os dias que você quer relaxar sem precisar se deslocar. The perfect spot to write a book!

Onde Comer

Café Can Benet: a vila é super pequena e não tem muitas opções, mas esse bar/café/restaurante surpreendeu. Do café da manhã ao aperitivo da tarde, simples e excelente. Fomos tantas vezes – realmente a cidade é micro – que encontramos a garçonete em outra cidade e ela nos reconheceu! rs

Restaurant Es turó: estilo familiar e com uma super vista. Pedimos especialidades mallorquinas e tivemos uma noite super agradável.

Curiosidade

A região da Serra da Tramutana é muito famosa pelas laranjas. E um hot spot dos bikers.

 

Port de Sóller

Port Sóller é uma cidade na costa oeste de Maiorca que tem mais infraestrutura e restaurantes na Orla. É mais turística e affordable, apesar disso a baía tem seu charme. O legal é que daqui você consegue fechar passeios para visitar um dos lugares mais lindos e paradisíacos da ilha (Torrent de Paraeis), ou alugar um stand up paddle. Outra opção é ficar hospedado em Sóller, que tem mais o estilo old Town, com passeios culturais, museus, a Igreja de Sant Bartomeu e a Plaza de La Constitución, com vários restaurantes e cafés ao redor. De lá você pode pegar o bondinho para Port de Sóller.

Onde ficar

Jumeirah Port Sóller Hotel & Spa: para um luxury resort experience em Port de Sóller

Hotel Esplendido: bom para famílias e e no calçadão de Port de Sóller, pertinho de tudo.

Son Grec Petit Resort: em Sóller, adults only.

Grand Hotel Sóller:  5 stars em Sóller.

Onde Comer

Patiki beach: cozinha criativa farm-to -table, o meu preferido da viagem.

Restaurant Es Racó d’es Port: a Espanha como a gente conhece. Fiquei feliz em poder tomar uma canã e poder beliscar umas tapas depois das 22h, bem Spanish way of life.

Es Passeig: Tivemos que cancelar nossa reversa – por motivos de late lunch no Patiki Beach -, mas o restaurante foi muito bem recomendado, inclusive parece que o chefe & founder do restaurante trabalhava no 3 estrelas Michelin Dieter Müller. Next time.

Curiosidades

A “segunda língua” em Mallorca é o alemão. No início dos anos 90, os alemães passaram a comprar propriedades na ilha para passar o verão, já mirando a aposentadoria num lugar mais quentinho. A German Community é tão forte lá que Mallorca é considera por eles como o 17 Bundesland – Estado alemão. Espere ver cardápios e placas em alemão por todos os cantos.

 

Deiá

Assim como Fornalutz, Deiá é um vilarejo todo em pedras e super charmoso e romântico, com a diferença de estar próximo ao mar (e ter mais opções de restaurantes). Definitivamente um lugar para ficar hospedado, apesar de ter os preços um pouco mais salgados, já que é o lugar onde os rich&famous gostam de frequentar.

Onde ficar

Belmond La Residencia: definição de chic no lolla-vocabulary.

Onde comer

Ca’s Patro March: peixe fresco de verdade, Sea to Belly.

Sa Foradada: também no estilo mais Beach place, tem uma super vista. Famoso pela paella.

El Olivo: muito conhecido e premiado para uma experiência mais luxury. Fica no Belmond La Residencia.

Sa Fonda: uma barzinho cool com música, tapas, drinks.

 

Praias e Passeios na Região

Como essa região é mais montanhosa, as calas seguem esse landscape. Diferente da costa leste e do norte da ilha, não espere ver muita areia por aqui. A praia mais famosa é Sa Calobra, que fica no meio de um Canyon chamado Torrent de Pareis. A forma mais fácil de acessar é de barco, saindo de Port de Sóller –  tipo uns barcos transfers grandes que te deixam lá de manhã e te buscam a tarde. Outra opção para visitar Torrent de Pareis saindo de Sóller ou Port de Sóller é o combo ida de ônibus de excursão com trilha para descer até a praia (3hrs) + volta de barco. É possível ir de carro também e fazer uma caminhada de ida e volta, porém a volta é bem puxada (5 a 6 horas de subida) e não é recomendada no alto verão por causa das altas temperaturas.

Um praia mais tranquila e rústica na região é a Cala Tuent. O acesso de carro é demorado – fica no meio da Serra -, o que garante menos turistas.

É uma região para quem curte hiking e biking, e mais aventura.

PRO TIP: para fazer um passeio de barco mais exclusivo, você pode checar opções no AIRBNB Experiences.

Valldemossa

Valldemossa é uma cidadezinha em Mallorca também super recomendada nessa região. Não visitamos, mas li que é um bom lugar para ficar também, tem hotéis legais e bons restaurantes.

 

Palma de Mallorca

Mudamos nosso roteiro de último hora e não tivemos tempo de conhecer Palma, mas dizem que Palma é uma cidade muito charmosa e com vários lugares históricos e restaurantes para ir. Li recomendações que é melhor ir fora de temporada.

Onde Ficar (Palma e Arredores)

Finca Serena: 25 minutos de carro de Palma, é um hotel 5 estrelas no estilo rústico chic.

Can Bordoy: luxury boutique hotel no centro de Palma.

Boutique Hotel Sant Jaume: design hotel.

Onde Comer

Dins Santi Taura:gastronômico

Duke: descontraído

Toque de Queda: bar de tapas

Taberna de la Boveda: bar de tapas

Outras dicas aqui: The best restaurants in Palma, Mallorca’s elegant capital

 

Outros restaurantes na Ilha

Maiorca tem se reinventado como um local de comida autêntica, no melhor estilo farm-table, como mencionei. Duas dicas extras de restaurantes para ir, se você é do tipo que viaja para comer:

Ca Na Toneta: autêntico restaurante no vilarejo de Caimari, usa ingredientes locais, orgânicos e fornecedores que praticam a pesca sustentável.

Brut: do chefe argentino Eduardo Martínez, um tasting menu, e apenas 12 lugares por noite. Fica no vilarejo de Llubí.

 

POST A COMMENT