Lili Carneiro, Publisher da Editora Carbono e mãe (em breve) de 4 filhos

lili carneiro lolla 4 of 1 - Lili Carneiro, Publisher da Editora Carbono e mãe (em breve) de 4 filhos

por Kanucha Barbosa

Sete anos depois do fim de Sex and The City, em 2011, Sarah Jessica Parker lançou o filme “Não Sei Como Ela Consegue”, em que ela vive uma mãe nova-iorquina de dois filhos que trabalha em uma grande empresa e aceita um novo desafio profissional. As duas personagens sempre me fazem pensar no salto que acontece na nossa vida depois que nos tornamos mães. Um dos principais “ativos” que se alteram com a mudança é o tempo

Antes, a gente tinha tempo de sobra para se sentir meio Carrie Bradshaw e sair com as amigas, tomar drinks, ir para a balada e voltar para casa ao amanhecer… Depois que viramos mães, no começo, tudo isso some. Para muitas mulheres, esse rompimento é algo bem intenso, até sofrido. Mas, eventualmente, a gente aprende a administrar esse tempo e as coisas vão se encaixando até que uma nova rotina funcione (às vezes, aos trancos e barrancos).

Neste mês de março, estava pesquisando sobre mulheres inspiradoras quando uma amiga me falou sobre a publisher Lili Carneiro, grávida do quarto filho e no comando da Carbono, uma editora que só cresce em meio a um mercado de comunicação incerto, a primeira coisa que me veio à cabeça foi: como ela consegue? 

Conseguir de fato parece ser um tanto inalcançável. Meu papo com Lili me fez pensar que, na verdade, a gente vive um dia após o outro e acaba fazendo escolhas sobre o que faz mais sentido pra gente… 

Happy reading!

Em 2017, você deu uma entrevista para o Lolla. Sua segunda filha tinha apenas 4 meses. O que mudou na sua vida de lá para cá?

Que saudade dela com quatro meses! De lá pra cá, tive outro filho e agora outra filha – ainda em produção. Assumi a Editora Carbono em voo solo – adquiri metade da empresa que pertencia ao meu sócio –, o que me trouxe um enorme crescimento profissional. Ganhei três sobrinhos. Adotei um cachorro. Virei vegana. Por fim, me tornei uma pessoa muito mais off-line, muito mais grata, muito menos social e igualmente feliz. 

lili carneiro lolla 1 of 3 - Lili Carneiro, Publisher da Editora Carbono e mãe (em breve) de 4 filhos

Conta um pouco da sua rotina hoje?

Diria que 70% dela é dedicada aos meus filhos. 25% ao trabalho. 5% para atividades como banho e dormir kkkk. Acordo às 6h, tomamos café da manhã juntos e levo eles para a escola. Entre 8h e 11h30, me programo para estar na editora (tem dias que tento fazer aula de alongamento porque minhas costas gritam!) e busco meu caçula na escola às 12h. Almoçamos juntos em algum restaurante ou em casa. Me sobram duas horas para trabalhar, voltar para a escola para pegar os mais velhos e levá-los na natação. Tenho em casa uma pessoa para fazer o transporte deles, que me auxilia se tenho algum compromisso no trabalho nesses horários. Mas, na maioria dos dias, sou eu quem leva e traz. Faço questão de ser muito presente na vida deles. Jantamos juntos, adoro tomar banho com os três comigo no chuveiro, brincamos bastante e 19h coloco eles para dormir. É quando converso com meu marido, assistimos 10 minutos de algum filme e caio sonada em algum canto da casa. Aos fins de semana, sempre viajamos em família. Deixo meu celular na gaveta na sexta, pego domingo e passo 100% do tempo com eles. É o meu maior prazer.

Você para pra pensar como consegue dar conta de tudo? 

Jamais! Se eu começar a pensar, daí eu surto. Acordo e penso “preciso dar conta de hoje. Amanhã a gente vê como faz”.

Como lidar com a culpa materna?

Sinto-a todos os dias. Mas, acho tão injusto comigo, porque no fundo eu sei que me dedico muito a eles, mesmo! Mas sinto até com pequenas frivolidades, como não conseguir buscar um deles na escola em um dia aleatório.

Quais são os maiores desafios em relação a educação dos seus filhos?

Tecnologia na infância é algo que mexe muito comigo. Não deixo e ponto. Não quero que se tornem alienados, mas acredito que há um momento certo de introdução e não acho que seja com quatro anos de idade. Não tem tablet, TV, celular, nada. Às vezes estou com os três em algum lugar e eles estão muito agitados, por exemplo em uma mesa de restaurante, daí olho para o lado e vejo uma mãe tendo um almoço pacífico enquanto os filhos estão vendo filme no celular, confesso que sinto uma ponta de inveja e faço indagações internas. Mas sigo forte na minha convicção de que isso não é para agora.

Como você gostaria que seus filhos te descrevessem para os outros?

Como eles já me descrevem: “a melhor mamãe do mundo”! (Sei que todos os filhos descrevem suas mães assim, mas me faz feliz imaginar que seja efetivamente verdadeiro).

Quais são as expectativas quando pensa que será uma mãe de quatro filhos?

É a realização do maior sonho da minha vida. Desde pequena eu sabia que seria assim. Expectativas de que continuaremos todos grudadinhos, felizes e meu cabelo um pouquinho mais em pé!

lili carneiro lolla 3 of 3 - Lili Carneiro, Publisher da Editora Carbono e mãe (em breve) de 4 filhos

Qual é atual fase da sua carreira? E da sua empresa?

Me sinto muito grata por ter conseguido formar uma excelente equipe que muitas vezes coloca o trem para andar quando eu preciso me ausentar para estar com as crianças. A Carbono me demanda bastante mas é uma demanda equilibrada, pois sei que tenho com quem contar.

Como você costuma se planejar no trabalho? É mais digital (Google Calendar) ou analógica (agenda de papel)?

100% analógica. Anoto tudo, amo um bloco de papel, um calendário, uma agenda.

Em tempos de burnout, como saber qual é a hora de desacelerar?

Talvez essa hora já tenha passado por mim mas ainda não consegui atendê-la. Quem sabe em uns 18 anos…

lili carneiro lolla 2 of 3 - Lili Carneiro, Publisher da Editora Carbono e mãe (em breve) de 4 filhos

Como você enxerga o mercado da comunicação atualmente?

Em metamorfose.

Gosta de viajar? Conte um pouco sobre uma viagem que te marcou muito?

Amo. Impossível não falar: primeira vez com filhos na Disney!

Quais são os seus refúgios?

João Fernando, Celina e Joaquim.

Netflix and chill ou Night out?

Primeira opção sem a menor dúvida. Me tornei uma pessoa extremamente caseira. É muito, muito difícil eu sair de casa à noite.

Você é uma pessoa atlética? Como é sua rotina de exercícios hoje?

Infelizmente, não. Já pratiquei bastante. Hoje em dia não tenho conseguido organizar minha rotina de exercícios. Já tracei dezenas de metas e nenhuma prosperou. O máximo que tenho feito é uma caminhada, alongamento pela manhã, uma vez a cada, hmmm… três semanas!

E sobre moda, você gosta? Como define seu estilo? Quais peças não podem faltar no seu guarda-roupa atualmente?

Eu gosto sim. No momento, grávida, estou prezando pelo conforto.

Como gostaria de se ver daqui a 10 anos?

Como me vejo hoje: rodeada pelos meus filhos e meu marido. Sempre! Animada com o trabalho, com meus pais e irmãos perto de mim, todos com saúde, e com meus amigos mais próximos. 

Entrevistar mulheres como a Lili Carneiro inspiram o time do Lolla sempre! Quem mais vocês gostariam de ver por aqui?

Avatar

by Kanucha Barbosa

POST A COMMENT