Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

MG 8697 683x1024 - Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

Sponsored by Trois Monceau 

Eu não sabia que tinha um crush por joias até começar a usar as minhas no dia a dia, sem distinção entre joia para festa e joia para tudo que não é festa. Não sou muito de usar joia ostentação, aliás meu marido fala que “eu gosto de joia que não aparece, para combinar com as camisolas que eu uso em casamento”. Ele não poderia estar mais certo, fico com borboletas no estômago quando ouço essas coisas, são a garantia de que ele de fato, me conhece. E foi assim que fiquei aficcionada pelas joias da Trois Monceau nas minhas descobertas de Instagram, com um certo espírito bold, que me lembra uma garota Isabel Marant. Independente, com uma atitude meio rock’n roll, vivendo um dia a dia comum, sem afetação. Fiquei curiosa para saber mais e conheci a Tânia (virtualmente, já que corona…), designer de joias e founder da marca. Entendi da onde vem a construção da marca e as referencias da Tânia, que pode aproveitar as oportunidades que a vida deu passando uma temporada em Paris e NY com a família. Eu adoro conhecer a construção das coisas, falar sobre o caminho que levou as marcas até onde elas estão. Acho que essas são as maiores inspirações e espelho para quem está começando, nada é por acaso. Em tempos de sucesso aparentemente instantâneo, o caminho das coisas é muito mais charmoso. Enjoy!

WhatsApp Image 2020 09 29 at 09.32.58 - Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

Q.

Me fale um pouco sobre você. Onde mora e como era o seu dia a dia antes de começar a trabalhar com joias.

A.

Sou formada em Propaganda e Marketing pela ESPM e trabalhei por alguns anos na área. Em 2014, mudei com meu marido e minha filha mais velha para Paris. E foi lá que me deu o estalo em estudar algo que eu sempre amei. Desde pequena, eu mesma que fazia meus próprios acessórios, com miçangas, fitas, correntes, etc. Até os vendia! Aí, de mudança para Paris devido ao trabalho do meu marido, consegui um break para estudar Design de joias! E nunca mais parei! Fiz Desing de joias na Haute École de Joaillerie de Paris e alguns cursos na L’École Van Cleef and Arpels. Depois mudamos para NYC, e lá estudei também Design de Joias no GIA. Em 2018, voltamos para São Paulo e criei a Trois Monceau!

WhatsApp Image 2020 09 29 at 09.36.57 1014x1024 - Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

Q.

Como foi o começo da marca? O que te motivou a trabalhar com joias?

A.

A Trois Monceau nasceu de um desejo em criar peças que eu gostaria de usar mas não encontrava em nenhum lugar. Quando minha filha nasceu em 2012, comecei a criar peças para ela, pulseirinhas, brinquinhos, e isso foi chamando atenção das pessoas. Aí, começaram a aparecer algumas encomendas. Isso foi me brilhando os olhos, ver que eu tocava de alguma forma as pessoas com as peças que eu criava. E que elas gostavam de presentear, de marcar um momento feliz, e isso me motivou a querer me especializar na área quando me mudei em 2014. E foi em Paris o primeiro passo que dei e de onde vem grande parte da minha inspiração. Por isso, o nome Trois Monceau. Foi o endereço do apartamento onde morei na temporada por lá, 3 Villa Monceau. Onde me encantei pelo lifestyle das parisienses, pela elegância do effortless chic que elas têm em seu DNA. 

MG 8707 683x1024 - Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

Q.

Como funciona o seu processo de criação? Quais mulheres te inspiram e como elas influenciam nisso?

A. 

Eu adoro moda, adoro ver as tendêcias, garimpar peças diferentes, marcas desconhecidas e tudo isso levo na hora da criação de uma peça. Um shape diferente, uma nova proposta de algo “básico” me encanta. Tudo para mim é referência. Viagens, livros, filmes, arte, tudo me inspira!

As mulheres que me inspiram são mulheres que de alguma forma me tocam com sua inteligência ou sua coragem! Minhas clientes são exatamente assim, algumas já conhecia, algumas conheci depois, e fico muito feliz quando vejo que são mulheres fortes e interessantes.

Admiro muito a Gwyneth Paltrow que se reiventou com a GOOP, que tem um conteúdo fanstástico. A Anine Bing, adoro como ela conseguiu criar uma marca com a essência dela em todos os detalhes. Leandra Medine com sua autenticidade, Nathalie Klein, Michelle Obama. Tantas! 

Screen Shot 2020 09 29 at 1.02.12 PM 1022x1024 - Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

Q.

Quais joias você nunca tira? Alias, você é do tipo que dorme e toma banho com as joias ou tira e põe todo dia?

A.  

Sou SUPER do tipo que não tira para nada. Durmo, acordo, pratico esportes, tudo com minhas joias. Não tiro para nada minha chocker Elos, a qual vario os berloques! Além dela, meu escapulário de Espírito Santo e uma medalha da Nossa Senhora das Graças. Brincos eu vario sempre! Mas estou há tempos sem tirar o Brinco Martina, o cogumelo!

Q.

Você lembra qual foi a primeira joia que ganhou?

A.  

Tenho um brinquinho que ganhei da minha mãe com um rubizinho pendurado quando era pequena, está guardado até hoje.

Screen Shot 2020 09 29 at 12.55.38 PM 823x1024 - Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

Q.

Fiz uma pesquisa para o lolla há uns quatro atras sobre a relação das mulheres com as joias na hora de comprar ou ganhar. Elas ainda preferiam ganhar do que comprar. Acha que isso mudou? O que sente na sua marca?

A.

Mudou muito. Os homens gostam ainda de dar joias de presente, muitos maridos, namorados me procuram para dar algo em alguma data especial, mas hoje as mulheres não esperam ganhar uma joia. Elas vão e compram, se presenteiam e usam muito. Essa coisa de esperar ser presenteada passou. E acho que é algo de muito orgulho se dar uma peça eterna, que pode ser passada para as próximas gerações!

Q.

Eu acho que as joias estão tão inseridas no nosso lifestyle hoje em dia que vejo pouca diferenciação entre as joias de dia a dia e as joias de festa. Pelo menos na nossa geração. Qual será o futuro da alta joalheria na sua opinião?

A.

Sim, total! As joias estão sendo inseridas no dia a dia, com um jeans e uma camiseta branca básica. Acho que a alta joalheria tem seu espaço, mas acho que as mulheres contemporâneas não querem mais tanto algo ostentador e pesado. O consumo mudou muito, a compra está muito mais consciente também, as pessoas buscam comprar itens que vão usar bastante e não vão ficar parados no armário. Tanto para roupas, bolsas, joias!

MG 8986 683x1024 - Interview: Tania Avila, Designer de Joias e founder da Trois Monceau

Q.

Agora falando de você, como é a sua rotina? Um dia típico na sua vida como empreendedora?

A.

Acordo sempre por volta das 6hr da manhã e faço algum esporte. Ou corrida, ou musculação ou tênis.  Acompanho minhas filhas nas atividades delas e reservo o período da tarde e noite para meu trabalho. Claro que isso às vezes foge do controle, uma coisa “atropela” a outra, quem é mãe e tem esse horário mais “flexível” sabe, que muitas vezes a gente se enrola. Mas tudo está funcionando bem dessa forma.

Q.

Uma dica de produto de beleza que mais ama?

A.

Não sou a mais antenada em produtos de beleza, uso o básico sempre, protetor, um corretivo e um blush. Mas os que amo são: o creme de olhos da Tata Harper, a vitamina C da The Ordinary e o Peeling Solution deles. Faço ele uma vez por semana e acho que a pele fica com uma textura muito boa.

Q.

Qual livro está lendo no momento?

A.

No momento estou lendo dois livros! The Cartiers, The Untold Story of the Family Behind the Jewelry Empire da Francesca Cartier que estou adorando,  e o segundo livro da tetralogia da Elena Ferrante, Historia do Novo Sobrenome.

 

FOLLOW AND SHOP TROIS MONCEAU

 

thanks for reading 

♥️

 

Rosa Zaborowsky

by Rosa Zaborowsky

Editor & Founder of Lolla.

Comentários

  1. Amei o perfil da Trois Monceau e em especial suas jóias contemporâneas… já quero o bracelete LEGO 🌷mto sucesso Tania e Lolla ❤️❤️❤️❤️

POST A COMMENT