89172960  YL31244 1200x708 - Every Hem a Gem: os Contrastes Encantadores do Vietnã

The Lolla Connection

No novo projeto do Lolla, as nossas colunistas internacionais contam sobre o lifestyle, tendências, cultura, novidades e o que está rolando de mais cool em diversas cidades do mundo. Apertem os cintos e boa viagem! 

nghia cao wdsS 0VByow unsplash scaled - Every Hem a Gem: os Contrastes Encantadores do Vietnã

Foto: Nghia Cao

LEIA O TEXTO DA PAULA TROMBINI

Pensei e pensei em como seria legal eu começar a minha coluna por aqui… São tantos temas interessantes desse lado do mundo que eu fiquei até confusa. Portanto, vamos começar do começo. Eu sou a Paula, nova colunista do Lolla e eu moro em Ho Chi Minh City, no Vietnã. E agora você deve estar se perguntando: “Como ela foi parar lá?”

 

bovin wook 9eHlpSAZEtc unsplash scaled - Every Hem a Gem: os Contrastes Encantadores do Vietnã

Foto: Bovin Wook

Afinal, o Vietnã é um lugar tão diferente e com tão pouca informação fora do eixo histórico e turístico que, mesmo hoje em dia, quando eu conto que moro por aqui, as pessoas ainda fazem cara de susto! Mas, eu sei que você, leitora do Lolla, deve imaginar que existe muito mais do que só resquícios da guerra por aqui…

 

Para ser bem sincera, eu mesma mal sabia onde o Vietnã estava no mapa (se você está se perguntando onde fica, é entre a China e a Índia, para o Sul, vizinho do Laos e Cambodia) quando a empresa que meu marido – na época noivo –, trabalhava nos trouxe para para “conhecer” o país. Aliás, eu nunca tinha vindo para a Ásia! E foi nessa viagem que eu conheci o verdadeiro significado de overwhelming.  Mesmo já tendo morado e viajado para alguns outros países, pisar pela primeira vez em uma cidade do sudeste asiático foi um tapa na cara de realidade misturado com muito som, cheiro e imagens jamais vistas antes.

 

hai tran tt HFMMae1w unsplash scaled - Every Hem a Gem: os Contrastes Encantadores do Vietnã

Hanoi, Vietnã. Foto: Hai Tran

Quando eu cheguei aqui eu ainda relutava em aceitar algumas coisas. Que pretensão a minha né? Me lembro do meu primeiro mês no Vietnã, em que eu ficava super apreensiva pelo governo ser comunista, por exemplo. Tenho uma história muito engraçada sobre isso. Todos os dias, pela manhã bem cedo, eu ouvia uma gravação. E se hoje em dia eu ainda não entendo a língua local, imagina só há quase cinco anos. Eu não tinha ideia do que se tratava. Então, eu cheguei para o meu marido e falei que aquelas gravações poderiam ser algumas notícias ou algo do governo e nós nunca iriamos saber o que eles diziam. Meu marido fez uma cara meio de quem diz “nada a ver”, mas depois me confessou que eu o deixei com uma pulga atrás da orelha e ele foi perguntar no trabalho o que poderia ser. Descobrimos que era apenas uma gravação de vendedores de Banh Minh (um sanduiche bem comum aqui para o café da manhã). É o tal do medo do desconhecido. Eu não tinha ideia de como era conviver com um governo totalitário e isso me incomodava demais no início, mas deixemos mais desse tópico para depois…

 

Quando eu comecei a entender que não tinha como comparar com nada do que eu já tinha vivido e que era necessário entender onde eu estava, eu me apaixonei. A Ásia tem esse poder, acreditem!

 

c630d9f524f113f989a2109604636113 - Every Hem a Gem: os Contrastes Encantadores do Vietnã

Foto: Saigooner

Hoje em dia, quase cinco anos depois, tudo que no começo me causava espanto é o que eu mais gosto aqui:  lojinhas escondidas de designers locais, algumas ruas ainda pouco asfaltadas e a bagunça das barracas de ruas – quanto mais local, melhor. O ser humano é mesmo muito adaptável. Minha vida em Saigon – nome antigo da cidade e ainda carinhosamente chamada pela maioria dos locais – é super movimentada. Cheia de amigos, eventos e novidades de bares e restaurante toda semana. Olhando para trás, hoje vejo que foi uma surpresa maravilhosa. Para mim que sempre trabalhei com marketing, é um prato cheio de inspiração! Sinceramente, difícil não se apaixonar. É esse o tal poder da Ásia – basta abrir o coração para entende-la.

 

Aqui existe um ditado que diz: Every hem a gemHem em vietnamita significa ruela. Ou seja, uma tradução mais ou menos que fala: cada canto um encanto – e nada define o país melhor que isso, na minha opinião. Em meio a corrida feroz pelo desenvolvimento, ainda é muito comum encontrarmos restaurantes maravilhosos dentro de prédios muito antigos, que para serem acessados é preciso passar por um quarto de uma família local, por exemplo.

 

ruslan bardash Jqk3VXErDF0 unsplash scaled - Every Hem a Gem: os Contrastes Encantadores do Vietnã

Ho Chi Minh City, Vietnã. Foto: Ruslan Bardash

Cenas como, uma senhora de bicicleta usando o chapéu vietnamita para se proteger do sol, vendendo comida de rua em frente a loja Louis Vuitton também ainda estão por todas as partes. E é bem aí que está toda a alma desse país que ainda carrega o pós-guerra: no contraste orgânico e na alma das pessoas pouco influenciadas pelo resto do mundo.

 

Acho que a maioria das pessoas se muda para este lado do mundo por oportunidades de trabalho, a Ásia é a bola da vez. Mas, sem dúvidas, o principal benefício está em estourarmos a nossa própria bolha e entendermos que existem muitos outros mundos além do nosso. E a Ásia escancara isso a todo minuto, afinal é tudo muito diferente do lifestyle ocidental.

 

Não é sobre o lugar que estamos, é sobre o que o lugar que estamos nos faz sentir. E a Ásia faz sentir e viver muitas coisas… E eu não podia estar mais feliz em compartilhar com vocês.

Espero que gostem! See you soon!

 

SAIBA MAIS SOBRE A PAULA TROMBINI

Publicitária, curiosa e defensora da vida dinâmica, Paula é nascida em Curitiba e já morou nos 4 cantos do mundo (Nova Zelândia, Nova Iorque, Paris e Saigon.) Overthinker desde pequenininha, adora analisar os casos e coisas da vida por onde passa. Já trabalhou com publicidade, varejo e marketing de moda. Mora na Ásia há 5 anos – and counting– e dividirá por aqui tudo que há de mais legal pelo Sudeste Asiático, no momento, em Saigon no Vietnã.

by Paula Trombini

Publicitária, curitibana, mora na Ásia há 5 anos e dividirá por aqui tudo que faz seus olhos brilharem lá do outro lado do mundo.

23 Comments
  1. Muito interessante seu texto! Além de curioso, é também um grande incentivo à conhecer este universo tão distante que nos causa um certo receio com os hábitos e a língua local.

  2. Excelente materia Paula ,vce tem uma forma de transmitir e comunicar fantástica .
    Com certeca Saigon deve ser um lugar cheio de magia e com muita adrenalina ,parabems

  3. Paula excelente materia ,vce realmente comunica de una forma sensacional ,com certeca Saigón deve ser um lugar cheio de magia e com muita adrenalina ,fique muito curioso é com muita vontade de visitar ese lado do mundo ,parabems !!

    • Amei as suas impressões sobre o Vietnã, até fiquei com vontade de conhecer, depois de ler o que escreveu com tanta graça e conhecimento.
      Obrigada ❤️

  4. Viajei no tempo por conta de seu relato atento, antenado e sensível! Conheço, não tão profundamente, por óbvio, o sentimento por você partilhado nessa matéria deliciosa!! Tive a oportunidade de viajar pela primeira vez para o Sudeste Asiático, em 2005, e o destino foi Myanmar. Fiquei completamente fascinada 😍… na época os militares haviam tomado o poder, a lider da Liga Nacional pela Democracia estava em prisão domiciliar já fazia um tempão, tinha toque de recolher, achei muito estranho no começo, mas depois passa despercebido diante de tantas coisas interessantíssimas para vivenciar… Já picada pelo bichinho do Sudeste Asiático, fui para Tailândia, Vietnam, Cambodia e Laos… olha, não tem como não se comover com tanta beleza, com cada olhar, gesto, sorriso… tantos lugares para conhecer nessa vida… mas taí uma viagem que gostaria de repetir… não vejo a hora!! Fico feliz por você de poder se aprofundar, vivenciar e aproveitar o que esses lugares têm para oferecer… que experiência fantástica! Muito boa sorte para você!!

  5. Paula , você é demais !!
    amei teu texto , é a própria tradução
    disso tudo …. super bem captada e
    repassada por você !!!!
    Sua adaptação foi super ! quando estive ai parecia uma local !!!!
    Boa sorte no seu tempo restante !!!!
    Vc é uma cidadã do mundo !, aproveite isso !
    Bjo enorme

  6. Paula,
    Parabéns, que delícia foi ler toda matéria, você realmente soube fazer a gente se sentir parte da sua vida no Vietnã de uma forma muito gostosa e cada vez mais fico com vontade de conhece Vietnã!!
    Super beijos

  7. Amei a matéria! As fotos estão lindas… e só aumenta mais a minha vontade de conhecer todos esses lugares! Parabéns!

  8. Texto ótimo!! Parabéns, Paula. Com certeza terá muito o que acrescentar ao Lolla, com reflexões profundas e excelentes textos para nós leitores. Adorei a forma de abordar o tema, as imagens e a escrita. Sucesso!

  9. Artigo gostoso, que cria vontade de ler mais e mais. Thanks for sharing Paula, seu olhar sobre o Viet e sobre o mundo! Adorei!

  10. Parabens Paula, uma otima definicão do Sudeste Asiatico, sem duvida um continente pitoresco e encantador!
    Delicia te acompanhar e saber mais sobre a Asia.
    Sucesso linda!🙌😘🌹

POST A COMMENT