Sentando na mesa com as crianças, stress free.

crianças novos sabores jan 2019 11111 - Sentando na mesa com as crianças, stress free.

Me lembro de ser quase sempre a primeira a terminar meu prato quando eu era pequena. Nunca fui uma foodie per se, mas queria acabar logo com aquela pressão de comer o que tinha no prato. Minha irmã era mais resistente e enfrentava minha mãe, ficava horas sentada na mesa até uma das duas desistir daquela batalha. Eu adoro sentar na mesa com as crianças quando a familia está de bom humor, os comentários deles são os melhores e enchem minha alma. Mas o ambiente precisa ficar leve, então meu approach é sempre do “você não precisa comer isso se não quiser”. Desde pequenos eu incentivo que eles experimentem tudo que tem na mesa e eles adoram essa exploração, se sentem como um adulto comendo coisas diferentes, e dou sempre a opção de “não precisa comer se você não gostar”. Percebi que tiro a pressão deles de se sentirem obrigados a comer coisas novas e o medo de não gostar, e normalmente eles gostam de 90% das coisas que experimentam. Isso me garante refeições mais calmas e sem stress.

Taste Gap

Quando eles eram bebês, li em algum lugar que entre os 7 e 9 meses os bebês tem uma janela chama “taste gap”. Estão mais dispostos a gostar de novos sabores e o que você introduzir nessa fase eles provavelmente vão gostar e comer pra sempre. Fazia papinhas de coisas diferentes, a campeã era a de damasco com aveia e hoje os três adoram um snack de damasco. Eu adoro as dicas do Kids Eat in Color, uma mãe de dois meninos que sabe bastante sobre alimentação e comportamento infantil.

Você tem alguma dica de alimentação para os pequenos? Adoraria saber mais. Deixe um comentário! 

P.S. Você anota as coisas incríveis que as crianças falam? and Chocolate Cookies.

Rosa Zaborowsky

by Rosa Zaborowsky

Editor & Founder of Lolla.

Comentários

POST A COMMENT