Como Adotar um Pet na Quarentena fez toda a Diferença no Controle da Ansiedade

IMG 3740 Facetune 13 05 2020 16 17 24 scaled - Como Adotar um Pet na Quarentena fez toda a Diferença no Controle da Ansiedade

Já fazia um certo tempo – pra ser mais precisa, desde que fui morar com meu noivo  – que tinha vontade de adotar um cachorro. Mas só agora, quase 5 anos depois, em meio a quarentena e vivendo em outro país decidimos dar esse passo. Foi assim que encontramos a Hazel, uma vira lata charmosa de 2 anos que foi uma das melhores coisas que poderia ter acontecido em meio a esse caos!

Acredito que estar vivendo isolada nos últimos 2 meses foi um dos empurrões que faltava para que a gente finalmente tomasse a iniciativa de ir atrás de abrigos e dar início ao processo de adoção – mas foi não o único e nem o principal. Na verdade, a Hazel é meu ESA (emotional support animal). Sofro de transtorno de ansiedade generalizada, e incentivada pela minha terapeuta com base em vários estudos, entendi que adotar um pet poderia ter efeitos muito positivos para o meu tratamento.

E16E59ED D620 4A5B 8ED9 63D3D94DF8B3 scaled - Como Adotar um Pet na Quarentena fez toda a Diferença no Controle da Ansiedade

De forma bem resumida, ESA são animais que proporcionam conforto e colaboram de alguma maneira no tratamento da desordem emocional sofrida pelo dono. É preciso um documento assinado pelo profissional responsável, explicando brevemente o diagnóstico e a importância do animal no estado de saúde e alívio de sintomas do paciente para qualificar qualquer pet (sem restrições) um ESA. Viajar de avião e levar o pet na cabine (independente das restrições de tamanho da cia aérea) e a possibilidade de ter o animal mesmo em apartamentos não-pet friendly são alguns direitos garantidos pelo documento.

Com a carta na mão, fui em frente. Não imaginava que adotar fosse tão burocrático, mas aqui em San Francisco, onde moramos,  as ONGs fazem questão de saber muito bem para onde o pet está indo, se será castrado…enfim, ter a certeza de que os futuros donos tratarão o novo membro da família com responsabilidade e cuidado. 

Preenchemos um extenso formulário e esperamos 1 mês para conseguir o agendamento: devido a enorme procura neste período de quarentena a espera está grande. Em todo o mundo é notícia que diversos abrigos estão vivenciando uma quantidade de adoções histórica (e isso é ótimo!). Além da companhia, o fato de grande parte das pessoas estar em casa e ter mais tempo pra dedicar a treinar, conhecer e adaptar o novo pet é a grande chave para essa chuva de adoções. 

Faz somente duas semanas que a Hazel chegou aqui em casa, mas posso dizer com segurança que já sinto uma diferença absurda no meu comportamento, humor e rotina – coisas que são super importantes de observar sempre, principalmente se você sofre de algum tipo de desordem emocional como a ansiedade. O alto envolvimento, os passeios diários, e a companhia dela me trouxeram uma calma e de alguma forma um propósito que esses dias intermináveis em casa pareciam ter me tirado. E, refletindo sobre todos esses benefícios, tenho certeza que mesmo se eu não estivesse em quarentena o efeito seria igualmente positivo. 

Nunca imaginei que ter um bichinho traria tantos benefícios além daqueles que eu já imaginava. Faz valer a pena acordar cedinho pra passear, ter que lidar com eventuais xixis no tapete e fios destruídos – não, não é só alegria 100% do tempo! A responsabilidade é grande assim como o tempo e dedicação exigidos, por isso vale lembrar que é importante levar em conta diversos outros fatores na hora de tomar a decisão de ter um animal de estimação. O que posso garantir é que a recompensa por aqui tem sido generosa, feliz e vem tornando nossa quarentena mais leve de ser vivida.

by Eduarda Patta

Lolla Team

by Lolla Team

Read ’s posts

POST A COMMENT