Relationship

Faz mais de um ano que ouvimos falar sobre morte na TV e nas redes sociais todos os dias da nossa vida. Os número são alarmantes, algo que eu nunca pensei que chegaria tão perto da gente. Tenho uma tendencia a procurar ver o lado bom da vida em tudo, talvez seja meu lado negacionista que se recusa a aceitar uma realidade que não me faz bem, mas sempre pensei …

Coluna da Rosa: Pensamentos Sobre as Injustiças da Vida e Paulo Gustavo

Quando uma celebridade morre, ela se torna muito humana, e nos aproxima da nossa própria consciência de humanidade, de que esse é o caminho natural.

TURNING POINT

Lolla Ask-Readers feat. Erika e Babi Romboli. Duas lolla readers contam sobre carreira aos 20, as expectativas x a realidade, os desafios superados e como encontraram um novo caminho e propósito de vida depois de alguns turning points.  A Erika tem 33 anos, cresceu em Curitiba e atualmente mora em São Paulo. Ama conhecer pessoas de outros países, não consegue ficar sem fazer exercícios físicos e adora fazer …

Turning Point: A Coragem de Jogar Tudo para o Alto e Viver mais Feliz

Babi e Erika contam como redefiniram o conceito de "sucesso profissional".

TURNING POINT
Lolla-Ask Readers series feat. Julia Campos Moura, mais conhecida por seu perfil no instagram @economoda, Julia mora em São Paulo com seu filho pet Romeo, é economista, trabalha com e-commerce, e compartilha um pouco da sua vida pessoal e bom humor no instagram.  Eclética, Julia gosta de se aventurar na cozinha, beber um bom vinho (aprendeu em um curso de enologia), falar em podcasts,  bordar a mão, adora …

Turning Point: Ninguém conta que o “amor da vida” nem sempre ama a gente da mesma forma

Por Julia do Economoda, que descobriu uma nova vida e o amor próprio após o divórcio

TURNING POINT
Lolla-Ask Readers series feat. Mariana Rodrigues da Cunha Leão, mais conhecida como Mari, a Uberabense que mora em SP desde que foi fazer faculdade de administração de empresas, trabalhou 18 anos no mundo corporativo. Ao passar por alguns sustos com sua saúde, juntamente com a pandemia e o nascimento do seu segundo filho, optou por uma grande mudança. Deixou o mundo corporativo para conseguir pensar fora da caixa, …

Turning Point: Porque é Tão Difícil Aceitar que Mudar de Vida não é um Fracasso

Por Mariana Leão, que decidiu empreender depois de 18 anos no mercado e duas crises de ansiedade

Lolla-Ask Readers series feat. Renata Zveibel: Rê é mãe de duas fofuras, estrategista de comunicação, fundadora da super cool empresa de PR e branding prable e NYC addicted!! Nós do Lolla Team arrepiamos com sua história, Rê! Uma lição de vida! Thanks for sharing! 
Por Renata Zveibel
Não, este não é um texto sobre uma história triste. Pelo contrário. É sobre uma das melhores coisas que me aconteceu na vida.

Um tumor no cérebro me ensinou a ser mais grata e me reconectar comigo mesma

"Quando você está no borderline de acontecer algo ruim, entende a finitude da vida." - Renata Zveibel

Um dia desses estava fazendo um call com a Rosa. Por sinal, nossos calls sempre começam por algum motivo específico, extremamente focado e com a intenção de ser asap e, quando nos damos conta, já passamos por 1001 assuntos aleatórios, exceto o que tínhamos planejado falar. Nesse dia, especificamente, estávamos comentando sobre drinks, vinho, bebidas alcóolicas no geral e nossas preferências – tanto das bebidas em si, quanto da ocasião …

Teriam as Mulheres “Jeito de Quem Toma Cerveja”? Ou Vinho? An Investigation

Será que temos que pertencer a algum grupo até em relação ao que gostamos de beber?

Desde que a pandemia começou eu relaxei algumas regras aqui em casa com as crianças. Mais minutos de iPad, mais tempo na TV e liberei mais açúcar do que eu deveria. Foi a forma que eu encontrei de compensar esse ano tão estranho e com tantas poucas repostas às perguntas deles. Stella se refere ao mundo como " AC/DC" (antes do corona/depois do corona). E Phil todos os dias me …

Help! Não Consigo Parar de Comprar Porcaria Para Meus Filhos

Que delicia chegar em casa com um chocolate, um pacote de figurinhas e cards de Pokemon e ouvir coisas como "Mamãe, porque eu amo tanto você?". Estou comprando meus filhos e está dando certo.