Nossa aventura pela Amazônia 

set 9, 2019

amazonia-setembro-lolla

Comecei a pensar nessa viagem há uns dois anos mais ou menos, quando uma das minhas melhores amigas foi com a filha dela e o marido para a Amazônia… Ali foi plantada a primeira sementinha…

Com todo esse momento de “ecologia e sustentabilidade” no mundo, comecei a assistir a muitos documentários sobre a floresta aqui em Londres, onde moramos, a vontade foi aumentando, então comecei pesquisar e a convencer o meu marido em Abril desse ano …  ele estava um pouco com o “pé atrás” e eu no fundinho também, mas insisti! 

Como sempre resolvemos nossas viagens na última hora, em Junho liguei para uma amiga dona de uma agência  de turismo, disse que estaríamos no Brasil no final de Julho e gostaríamos de ir para a Amazônia, ela então fez todo o roteiro para essa nossa viagem tão especial!

amazonia-travel-lolla-september-2019-112

Fomos de São Paulo para Manaus, ficamos 2 noites em um hotel charmoso chamado Villa Amazônia que é super bem localizado no centro de Manaus há um quarteirão do lindo teatro Amazônia, um monumento lindíssimo construído há 120 anos no auge do ciclo da borracha – lembram dessa parte da aula história do Brasil? No dia seguinte fomos de barco conhecer uma tribo indígena que é aberta a visitação, foi o máximo, meu filho mais velho sempre quis ser índio e foi um momento muito especial, já o mais novo se apaixonou por um indiozinho bebê; de lá fomos alimentar os botos junto aos índios, foi uma experiência emocionante!

Na manhã seguinte fomos para uma das melhores opções de hospedagem na mata, o hotel Mirante do Gavião, no município de Novo Airão, a 180 quilômetros de Manaus, às margens do rio Negro, ė um lugar mágico dentro dessa densa floresta no centro do Parque Nacional de Anavilhanas, um dos maiores arquipélagos fluviais do mundo. As enormes dimensões ganham ainda mais força quando descobrimos a largura do Rio Negro: 22 quilômetros! As atividades do hotel conseguem misturar o fascínio de descobertas de um mundo absolutamente surpreendente em relação à natureza com programas que deixam qualquer criança feliz da vida, como um bom banho de piscina no final do dia ou ainda um passeio de caiaque tendo os botos nadando a nossa volta. São muito especiais os mergulhos no rio Negro (embora eu deva admitir que fiquei morrendo de medo das piranhas e jacarés e não mergulhamos mais de uma vez no meio do rio). 

amazonia-travel-lolla-september-2019-01

Outros programas misturam experiência e ensinamento, como a apresentação a diferentes tipos de vegetações, plantas medicinais e venenosas,  ou a aventura de se balançarem entre os cipós e verem os insetos, pássaros e os bicho preguiça pendurados pelos galhos. À noite, é hora de participar da focagem com lanterna à procura de animais navegando até a vegetação ribeirinha, ao verem os jacarés, e até segurá-los, os meus meninos se sentiram super corajosos.

Entre as aventuras que os meninos terão para sempre na memória também estão: prática de arco e flecha em alvos montados na floresta, pesca de piranha e pirarucu, passeio de lancha por ilhas inundadas com troncos gigantes brotando da água, remada em canoa cabocla e trekking até grutas escondidas na mata. 

Nessa viagem aprendi que o turismo é o “caminho” para criar recursos para a população local de forma que consigam acabar com as praticas ilegais de mineração e desmatamento, temos que incentivar e divulgar essa experiência e assim vamos conseguir, em um futuro próximo, transformar a Amazônia em um destino mais comum para as férias dos nossos filhos e ajudar de alguma forma a nossa floresta.

Poucas vezes fiquei tão emocionada como nessa viagem!

O QUE LEVAR NA MALA PARA A AMAZÔNIA

Posso dar uma dica: nada de glamuroso, pois glamuroso é o lugar o resto é detalhe; é uma viagem rústica rsrsrs

– 2 pares de tênis

– 1 havaianas

– 2 biquínis

– 1 short jeans

– 1 ou 2 Kaftans ou vestidinhos

– calças de algodão larguinhas

– camisetas

– 1 casaquinho “quebra vento”

– repelente. 

————————————————————————————

“SOBRE MIM”

Eu trabalho no mundo da moda há mais de 25 anos. Me formei Estilista de Moda em São Paulo. Desde então, fiz cursos em tecnologia têxtil, tingimento e impressão, joalheria, design de interiores, personal styling e análise de cores para consultoria de estilo em Londres. Durante dez anos, dirigi minha empresa de moda no Brasil, desenhando roupas para minha própria marca, “Lilli Piovesan”. Exportava minhas coleções para boutiques exclusivas, como Browns em Londres, Penelope na Itália, Le Bon Marche em Paris, também nos Estados Unidos, Japão e Brasil, onde eram comercializadas na Daslu, Zezé Duarte, Adriana Barra e NK Store. 

Moda é algo que eu vivo e respiro. Desde que me mudei para o Reino Unido há 13 anos, eu me envolvi na cena britânica, não apenas na London Fashion Week, mas conhecendo colegas designers, fabricantes e varejistas. Continuo a projetar minhas próprias coleções, fazer consultoria de estilo pessoal, análise de cores e análise corporal. Adoro escrever sobre moda e a explorar a indústria global e suas possibilidades.

xx

Lilli Piovesan-Roth | @styletherapy.london

Share it

Lolla Team

by Lolla Team

Read ’s posts

Comentários