O dia que fui na dermatologista por causa da rosácea e sai com uma lista de procedimentos para as minhas olheiras

fev 2, 2019

by Poliana Almeida

Eu não sou uma pessoa encucada com envelhecimento, tenho uma rotina de cuidados mas, tudo dentro do normal, a única coisa que me em incomoda em algumas épocas é uma rosácea herdada da minha mãe. Gosto de cuidar da pele ‘sozinha’, amo os  produtos da Caudalie, acho que minha pele aceita bem eles, mas, quando a rosácea resolve dar uma crise, não tem jeito, tenho que correr para a dermatologista, e isso é algo que não tenho. Vou ao mesmo ginecologista a 16 anos, mas dermatologista, não tenho. Numa recente crise de rosácea e dermatite lá fui eu procurar uma dermatologista, tempos modernos, procurei no Instagram, médica bonita, Instagram famosinho, marquei e fui. Naquele dia descobri problemas que nem  sabia que tinha. Nem nas sessões de terapia que fiz foi ressaltado tantos ‘defeitos’ a serem melhorados. 

– Olá, boa tarde, o que lhe traz aqui? 

– Então Doutora, tenho rosácea e dermatite, e minha pele não está muito boa já faz alguns dias, eu parei de usar os produtos que sempre uso pra ver se ia acalmar ela, mas não adiantou.

– Realmente, sua rosácea está bem descontrolada, fora isso , mais alguma coisa? 

– Não, só isso! 

– E suas olheiras? Você não falou delas, mas nesse tempo todo, eu só olhei para elas.

– Hum, mas eu não tenho olheiras! 

– Tem sim, e são profundas! Seu olhar é fundo, caído e tem um aspecto cansado. Se você não cuidar disso agora, vai ficar pior de acordo com que for envelhecendo e aí vai ser tarde para arrumar. 

Minha cara era de espanto, confesso, e tentei rapidamente lembrar do olho da minha mãe e de todas as mulheres mais velhas da família, tenho uma genética que nunca observei? Pensei comigo. Eu não tenho nem corretivo na bolsa de maquiagem e sempre frequentei Mac e Sephora, nunca me falaram ‘você precisa disso pra suas olheiras’ ainda tento contestar:

– Há, estou em período menstrual e tenho adenomiose e endometriose, então nesses dias, eu fico com a expressão cansada, e até um pouco de olheiras.

– Não! Isso não tem relação com endometriose isso é seu!

– Hummm sim, são minhas 

– Levante-se , venha aqui no espelho 

Lá estava eu em pé diante de um espelho magnífico, gigante e lindo, mas, cruel, lembrei do programa esquadrão da moda, tive vontade de rir, mas, ela falava sério, ‘Olha como seu olhar é fundo, aqui nesse ponto olha o escurecimento e olha como está caído, cansado’.

Sentamos, eu não sentia apenas as olheiras, sentia as linhas de expressões que nunca tinha dado bola, sentia todos os problemas que tinham que ser corrigidos, a única coisa que não era necessária  mexer era a  boca, pensei , deixa eu fazer uma expressão feliz e sorrir , se não, ela vai falar que minha boca também tá caída! Fiz o esforço e sorri. Cuidando para não enrugar os olhos. 

– Passe na recepção, minha secretária vai lhe passar os valores, essa semana tem promoção e simplesmente faça, você vai ficar incrível!

 Passo na recepção, pego a lista. Ninguém fala valores em voz alta, parece até que estão dividindo segredos com você. 

A lista é meio longa, várias sessões, penso: nossa, estou tão acabada assim? Como será meus 40? Mas acabada fico ao ver o valor total, se o olhar tava caído, ali ele despenca, agradeço a secretária e saio até meio tonta, corro pra rua procurando ar puro. Entro no carro e vou embora pensativa, tudo o que posso fazer com aquele valor, inclusive ir a Paris com meu marido e filhas e ainda fazer umas compras pela Galerie Lafayette e farmácias.

Passo os próximos 30 dias vendo no espelho olheiras até então nunca percebidas, e fazendo contas, até que um dia, me canso dessa pressão nas MINHAS OLHEIRAS, porque sim, são minhas, e influenciada por várias mulheres reais do Instagram, entro em uma farmácia e compro a minha primeira latinha de Nivea, o que elas afirmam ser maravilhoso para área dos olhos, e para o rosto todo. Prefiro  sonhar com Paris do que com botox e preenchimentos, e sim, o Nivea está dando resultados, pelo menos, eu enxergo.

 

OTHER STORIES

Share it

Avatar

by Poliana Almeida

Comentários