Beauty routine, Marcela Rodrigues, founder aNaturalíssima.

fev 2, 2019

Meu nome é Marcela Rodrigues, 33 anos, sou jornalista e formada em hatha yoga, estudo fitoterapia, aromaterapia e ancestralidade feminina. Sou curadora de bem-estar e consultora de desenvolvimento sustentável. Eu me defino como uma herbalista em formação. 

Sou founder do aNaturalíssima, uma plataforma de conteúdo sobre consumo consciente e slow beauty que nasceu em 2014.

A BEAUTY ROUTINE DA MARCELA

Minha rotina de beleza segue um tripé que pauta meu estilo de vida hoje: slow, holístico e sustentável. Um desafio e tanto pra quem vive na capital paulista, essa cidade com tanta poluição visual, sonora, excesso de informação – claro, no meio da deliciosa agitação da vida cultural. Para quem chegara após viver a vida toda , em um único lugar, no interior do Rio, mais ainda.

Mas São Paulo possibilita tudo, né. Se há quase dez anos cheguei pelo sonho (algumas vezes realizado) de trabalhar com grandes jornais e revistas femininas, jamais imaginaria que seria aqui que partiria para estudar e mergulhar nos temas que eram só curiosidade e hobby: sustentabilidade, plantas, ervas, alquimias, terapias holísticas. Se São Paulo é de todos, então eu escolhi fazer tudo o que eu queria. Acredito que consegui aqui a proeza de ter uma vida slow, conectada com a natureza (o que, infelizmente, não significa perto) e cheia de propósito, a tal palavra da vez. 

Há um ano deixei a redação onde trabalhava com horário fixo e vida corporativa para meu home office. Um ano e alguns meses vendo, por enquanto, o lado bom de um horário flexível. Às vezes me pego pensando mais em trabalho do que antes. Mas, tudo bem. Afinal, tudo o que era hobby antes se tornou parte do meu trabalho, seja escrevendo conteúdo, dando consultorias, guiando vivências e workshops. Ser workaholic nunca foi tão gostoso.

SLOW LIVING, SLOW BEAUTY

A rotina de beleza, obviamente, acompanha o mood. Uma das boas perspectivas é poder fazer tudo com mais calma – nem sempre é fácil, mas há a possibilidade de escolha. Sendo minimalista nos produtos, capricho ainda mais nas atitudes.

Então, tudo começa bem cedo, quando acordo sem pressa, e logo vou para um  primeiro morning ritual, que na verdade é um combo: escovar a língua seguido de oil pulling, um bochecho com óleo vegetal (coco e gergelim são meus favoritos). Depois, faço um tempinho de yoga, medito e tomo um chá ou suco fresco. Esse, sem dúvidas, é um ritual de beleza que garante vitalidade, mantém a saúde bucal em dia.

É nesse momento do dia, antes do banho, que faço oleação, uma prática ayurvedica que consistente em aplicar óleo no corpo todo em abundância. Só depois, banho. Pronto, posso seguir o dia. Se fico em casa, aplico apenas um sérum (como o de romã, da Weleda) ou hidratante levinho (Souvie). Se já tenho um compromisso na rua, aplico um bb cream (bioart) ou vou direto para um pó com filtro proteção solar (baims ou elemento mineral). 

Já faz uns anos que abortei a ideia de usar protetor solar químico diariamente e ainda reaplicar. Realmente faço uso de outros itens como uma barreira física (sem ingredientes nocivos). O pó vai na bolsa caso eu precise reaplicar – seja pela proteção, seja para minimizar o brilho. 

Em geral, antes de sair, gosto de correr – na academia ou, mais ainda, na rua. Nesse segundo caso, sempre uso viseiras e blusas de manga. Assim, nem sempre preciso de FPS. Adoto somente quando o sol está forte. As dermatologistas podem reprovar. Mas sei o bastante sobre pesquisas que envolvem os filtros químicos. Sei que não dá para cogitar não usar o produto. Então, reduzir e equilibrar o uso, pra é a saída. Inclusive, quando vou correr na rua ou no parque pela manhã, uso viseira, blusas de manga e vou ao filtro solar se o sol está forte.

Somente à noite volto a pensar na pele. Tendo ou não usado maquiagem, aplico no rosto uma espuma de limpeza (Almanati) ideal para peles oleosas e sensíveis. Minha pele é mista com variações a cada ciclo. Na TPM, por exemplo, fica mais oleosa. Ainda assim, tem tendência a se sensibilizar fácil. Gosto de aplicar água de rosas, dessas de produtos árabes, e finalizo com algum hidratante noturno orgânico (bioart ou souvie).

Falando em noite, minha mesa de cabeceira tem tudo o que preciso para manter a saúde mental ante de dormir. Óleos essenciais que gosto de pingar no travesseiro ou simplesmente inalar. Uma sinergia de óleo vegetal para fazer massagem no ventre. Um bloquinho para anotar insights e sonhos, e um livro, para quando o sono demora – embora eu tenha um sono maravilhoso. Pra mim, um dos maiores cuidados de skin care. E claro, cristais, que colecionei ao longo da vida porque sinto que trazem a natureza para perto de mim. Mas parei de comprar porque é difícil saber como é a extração deles, como isso impacta na natureza…

AUTOCUIDADO CONSCIENTE

Na bancada do meu banheiro não entra nada que não seja cruelty-free e livre de químicas mais nocivas, como parabenos e outros conservantes tóxicos e fragrâncias sintéticas, por exemplo. Os de ingredientes orgânicos ganham mais destaque.

A minha rotina de beleza natural é pautada por produtos sustentáveis, sim, mas sem rituais ela não teria sentido, tipo automassagem e máscaras caseiras. Gosto de fazer máscaras de argila, de frutas, enquanto isso, coloco uma playlist especial para os momento de beleza (aNaturalissima e belezaterapia, ambas no Spotify), limpo o ambiente com um spray de óleos essenciais cuja sinergia eu mesma faço e trago meus cristais pra perto. Leio um livro ou, não raro, aproveito para mais um momento de meditação.

Nos últimos anos ando colecionando acessórios que incrementam e adicionam pitadas de  praticidade e good vibes. Rolinhos de jade, gua-sha e escovas de cerdas macia para escovar a pele são alguns deles. Minha rotina de beleza é 100% uma rotina de prazer.

Beleza pra mim sempre foi área de curiosidade. Sempre fui vaidosa desde cedo, com a minha mãe fazia as primeiras receitas caseiras – muitas fazem tanto sentido. Outras, só valiam pelo prazer do spa em casa mesmo. O foco em fazer escolhas conscientes me reaproximou da beleza. Ver e acompanhar o mercado nacional de higiene pessoal com foco em formulas limpas, mais ainda. É muito prazeroso trabalhar com essa área, seja como produtora de conteúdo ou consultora, curadora…

Desde então, há mais de cinco anos, vivo mergulhada na área. Meus livros foram substituídos pelas apostilas e publicações de aromaterapia, fitoterapia e ancestralidade feminina. É um caminho sem volta. 

Follow @anaturalissima

Share it

Lolla Team

by Lolla Team

Comentários