12 Dicas para comer fora com as crianças

dez 12, 2018

Eu comecei a ir em restaurantes com a minha familia quando já podia me comportar. Minha mãe sempre achou que restaurante não era lugar para criança, ela queria relaxar, tomar um vinho e meu pai gosta de refeições longas que começam na entrada e terminam com um digestivo, criança nenhuma tem paciência para rodadas de quatro pratos. Quando chegou a minha vez de sair com meus filhos resolvi experimentar. Ir em um restaurante com filhos pequenos é desafiador, mas é uma situação que pode ensinar muito a eles sobre limites e interações sociais em família. Sair para comer é o nosso programa favorito, as crianças podem fazer parte disso sempre.

12 Dicas para comer em restaurantes com as crianças

  1. Chegue cedo. Quando vamos jantar somos sempre uma das primeiras mesas no restaurante. Não atrapalha tanto o horário deles e temos mais chance de ter um jantar calmo sem precisar esperar pela nossa mesa em um restaurante lotado com garçons estressados. E meu marido não espera para comer, em nenhuma hipótese.

  2. Dê um snack antes de sair de casa, se não der peça o couvert logo que chegar. Nessas horas precisamos pensar rápido, criança com fome não responde da mesma forma e todo mundo se estressa a toa.

  3. Leve alguns brinquedinhos pequenos, crayons e papel para eles se entreterem enquanto esperam. É um jantar em familia e o foco é as crianças. Não espere que eles fiquem sentados e comportados o tempo todo esperando os minutos passarem como adolescentes bodiados.

  4. Fale um pouco sobre o restaurante, o tipo de comida e se eles fazem algum prato que eles já conheçam e gostam. Abastecer as crianças com informações deixa elas menos ansiosas já que tudo é uma experiencia diferente.

  5. Deixe elas participarem das escolhas, longe do garçom. Discutam as opções entre vocês e faça sugestões que eles possam gostar. Se for buffet, leve as crianças para ver as opções. O colorido das comidas e o cheirinho aguça os sentidos e elas se sentem mais independentes.

  6. Peça sempre menos do que acha que elas vão comer. Sempre da para pedir mais e você não se frustra em desperdiçar comida e dinheiro.

  7. Não se preocupe se elas não comerem tão bem. O ambiente, o cansaço e as novidades podem ser muito pra elas e um jantar mal aproveitado não vai causar nenhum estrago a longo prazo.

  8. Aproveite para mostrar padrões de comportamento que você acha adequado. Elas aprendem por observação, vendo como você se comporta na mesa, o que você come e de outras pessoas. Elas gostam de ver outras famílias e podem surgir comentários interessantes.

  9. É legal explicar o que vai acontecer, onde estão indo e que as pessoas no restaurante estão lá para ter um good time e que todos precisam colaborar para isso. Elas entendem que podem incomodar os outros e se comportam melhor se o centro das atenções deixar de ser os pais.

  10. Seja leve. Não converse sobre assuntos polêmicos com os adultos da mesa para não se estressar a toa, as crianças sentem a energia do lugar e das pessoas em volta delas.

  11. O mesmo vale para o ambiente. Um restaurante calmo é menos arriscado do que um restaurante barulhento com crianças correndo. Eu evito restaurantes com área para crianças se vamos só nós cinco. Não precisa ser sobre elas o tempo todo.

  12. A sobremesa pode ser em outro lugar se elas não estiverem muito cansadas. Esticar com um sorvete a algumas quadras do restaurante muda o ambiente e estica um pouco o passeio. Pode ser divertido!

  13. Tenha sempre uma troca de roupa. Acidentes acontecem, principalmente quando eles querer ser mais adultos do que conseguem. Os meus estão na fase de segurar copos de adultos e aprendendo a usar a faca (sem serra). Um pequeno acidente ou outro faz parte. Enjoy!

Share it

Rosa Zaborowsky

by Rosa Zaborowsky

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed ac ligula ex. Ut sit amet lectus porttitor, lobortis augue ut, sollicitudin tellus.

Comentários