Unknown 1 - BEST OF 2021: A Lista de Melhores do Ano da Marina Camargo, colunista do Lolla em LISBOA

A Mari  é uma control freak de bom coração. Especialista em Direito Penal e Criminologia, atua nos bastidores do Poder Judicário e acredita que a vida é melhor com trilha sonora. Uma curitibana morando em Lisboa, sempre disposta a questionar as regras, mas não sem antes compreendê-las
inteiramente. A rebel at heart mais metódica e by the book que você vai conhecer.

THE BEST OF 2021 da Marina

WhatsApp Image 2021 12 22 at 17.23.24 - BEST OF 2021: A Lista de Melhores do Ano da Marina Camargo, colunista do Lolla em LISBOA

LIVRO: Estoicism and art of Happiness by Donald Robertson. Tenho me interessado cada vez mais pelo estoicismo – por total influência do meu marido – e essa foi a melhor leitura sobre o tema. Dinâmica e esclarecedora, recomendo muito para quem, assim como eu, está dando baby steps no tema. Disponível da Amazon.

SÉRIE: Succession. Personagens mega bem construídos, drama familiar intenso, discussões profundas e movimentos de câmera propositalmente desconfortantes. É um deleite amar e odiar os Roy. Disponível na HBO Max.

FILME: French Dispatch. Sou fã assumida do Wes Anderson, por isso estava ansiosa pelo novo filme. A estreia coincidiu com a minha primeira ida ao cinema desde o início da pandemia, talvez por isso tenha tido um gostinho ainda mais especial. Ou não. O filme, por si só, é impecável. Aquela estética perfeita de sempre, castingde cair o queixo, tem diversão, crítica social e um respiro delicioso em tempos sombrios. Disponível nos cinemas.

VIAGEM: Tirando a minha mudança de país (!!!), sem dúvidas, a road trip pela costa portuguesa. Por enquanto serei sucinta, mas em breve prometo um Lolla Guide incrível por aqui.

COMIDA: como estamos na época de trufa branca em Portugal e eu sou obcecada, absolutamente qualquer prato finalizado com ela me faz salivar. Formiga que sou, não poderia deixar um docinho de fora: ovos moles de Aveiro. Yummy!

RESTAURANTE/CAFÉ: O melhor café, sem dúvidas foi na Noni Padaria meu croissant preferido de Curitiba. Parada obrigatória aos finais de semana.

RESTAURANTE: Em Lisboa, sem dúvidas, o fancy e acolhedor Feitoria. Respeito aos ingredientes e produtores locais, ambiente e sabores impecáveis.

PRODUTOS DE BELEZA: zero inovador, mas a drying lotion do Mario Badescu me salvou muitas vezes ao longo do ano. Máscara por longas horas + stress = acne.

BEST BUY MODA: um blazer masculino Christian Dior vintage para usar de vestido. Sassy!

BEST BUY DECOR: uma ilustração lindíssima de uma artista desconhecida que, literalmente, trombei na rua. Sou apaixonada por caveiras e era uma interpretação marcante e, ainda assim, delicada.

WhatsApp Image 2021 11 01 at 08.59.17 - BEST OF 2021: A Lista de Melhores do Ano da Marina Camargo, colunista do Lolla em LISBOA

PODCAST: Welcome to The O.C., Bitches. Como uma boa alma nostálgica e obcecada pelos anos 2000, a descoberta desse podcast foi uma maravilhosa surpresa. Comandado por Rachel Bilson (a.k.a. Summer Roberts) e Melinda Clarke (a.k.a. Julie Cooper) é um review dos episódios, pela ordem, e um bate-papo super causal com os atores, produtores e etc. Pegue seu tracksuitda juicy couture, um strabucksgiga e volte para os anos 2000 em um play. Disponível no Spotify.

DRINK: o único tipo de álcool que eu consumo é vinho, então, vinho branco com muito gelo em um dia quente. Enólogos, não me matem, eu sei que é uma blasfêmia colocar gelo no vinho.

MÚSICA: Qualquer uma do Måneskin. Para mim eles são a definição de cool kids. Minha melhor descoberta musical do início do ano e paixonite que se estendeu ao longo de 2021. Me sinto proud mamma vendo o sucesso e reconhecimento que estão alcançando. São a prova viva de quem tem gente nova fazendo música MUITO boa SIM. Pode ficar tranquilo, Neil Youg, rock’n’roll will never die.

HÁBITO SAUDÁVEL: Na contramão de associar saúde com restrição, meu hábito saudável foi ser menos rigorosa comigo mesma. Acredito que finalmente estou entendendo que o segredo está no equilíbrio e não tem absolutamente nada de “errado” em amar treinar e na mesma intensidade comer um docinho.

HÁBITO SUSTENTÁVEL: Secondhand já vem sendo uma constante na minha vida e cada vez mais ocupando mais espaço no meu closet. Junto a ele, conscientemente reduzi o consumo produtos de beleza, totalmente influenciada pela minha amiga Simone, que conheci no Lolla Community.

EXPOSIÇÃO: a exposição permanente do museu Coleção Berardo é de arrepiar. Prato cheio para os amantes do modernismo. Além disso, a Sanatorium, do artista mexicano Pedro Reyes – inicialmente concebida para o Guggenheim -no MAAT, mexeu muito comigo, ainda mais no contexto quase pós pandêmico que vivemos.

ARTIGO: No One Impressed Charlie Watts, Not Even the Stones by Rob Sheffield.Uma perda pessoalmente dolorida para mim do ano de 2021, foi Charlie Watts. Nesse artigo o Rob Sheffield captura a essência da pedra mais forte dos Rolling Stones.

SMALL BUSINESS: Atelier Ma Parfum. Não é porque porque tenho a sorte de chamar a Má de amiga, xará e conterrânea, mas os home spraysdo Atelier Ma Parfum fizeram parte do meu ano. O “bonjour, mon amour” foi aquele boost de energia para começar o dia ou dar um upno meio da tarde. Já “bonne nuit, ma chèrie”, como o próprio nome já diz, me acompanhou nos momentos mais relax.

 

Lolla City Guide: O que fazer em BELÉM, 7 hot spots do famoso bairro de Lisboa

Lolla City Guide: Street Art em Lisboa, as obras favoritas da nossa Portugal-based writer

by Marina Camargo

A rebel at heart mais metódica e by the book que você vai conhecer. Uma curitibana morando em Lisboa, de onde compartilha suas muitas paixões em seu instagram.

0 Comments

POST A COMMENT