Amigos, felicidade e momentos de solitude que só a corrida proporciona

foto corrida 1 - Amigos, felicidade e momentos de solitude que só a corrida proporciona

A corrida está muito em alta, diversas pessoas das mais diferentes idades se programam e saem para correr, durante a semana, no fim de semana, durante o dia ou à noite.

Algumas por pura diversão, outras cheias de objetivos e há quem corra somente pela sensação boa que a corrida proporciona. A famosa endorfina, que os corredores tanto amam, é produzida pela hipófise e espalhada por todo o corpo através da corrente sanguínea, sua liberação acontece durante e após a corrida.

Ser feliz é o que a gente mais quer, certo? Foi o que eu pensei ao começar a correr no começo de 2018. Na verdade, eu corro desde criança. Meus pais me colocaram no atletismo ainda pequena e eu me desenvolvi muito rápido nesse esporte, mas por motivos maiores, parei de praticar e só voltei lá pelos 20. Porém, graças à memória muscular – ou meu amor pela corrida -, voltar não foi tão sofrido e desde então não parei mais.

Sempre fui tímida e difícil de fazer amigos, tanto é que a maioria dos amigos que tenho são os que fiz na infância e na adolescência. Mas a corrida me mostrou um lado diferente meu e talvez das pessoas também. Quando você corre, o assunto favorito torna-se um: a corrida. E o bom é que isso acontece com quase todos os corredores, então assunto nunca falta. E além do papo bom, o incentivo e o apoio também são muito reais entre os amantes da corrida.

Uma vez me disseram que esse é um esporte solitário e na verdade é, já que ninguém pode correr por ninguém, alcançar os objetivos do outro ou conquistar algo pelo(a) amigo(a), mas o apoio existe, a parceria também, os sorrisos e lágrimas são compartilhados e a mesma sensação é sentida por cada um.

E para ser amigo, não precisa correr no mesmo ritmo, estar junto em todos os treinos, em todas as provas, se ver todos os dias ou estar presente em cada km, basta compartilhar o sentimento verdadeiro pelo esporte e pelas pessoas. É tudo muito simples, é tudo muito bom.

Mas a corrida vai além da amizade. Eu também costumo correr para aliviar o estresse, a ansiedade, a tristeza e tantos outros sentimentos ruins que, muitas vezes, são inevitáveis.

Correndo, não existe tempo para pensar em outra coisa a não ser na corrida, no ritmo e na distância. Brigo com o corpo e com a mente para conseguir chegar “só até aquele poste”, aí o ultrapasso, continuo correndo e quando paro, entendo o porquê da briga e esqueço o motivo pelo qual estava mal. Sou eu junto comigo lutando para ter endorfina de uma forma sofrida e ao mesmo tempo maravilhosa. Correr é mágico.

E o mais legal é que a gente influencia as pessoas de alguma forma e o meu hábito de correr já influenciou pessoas ao meu redor, as quais me pedem dicas e dizem se inspirar.

E eu, só aconselho e me disponibilizo para ir junto, porque correr faz bem sozinho, faz bem em grupo e proporciona a alegria que todos precisamos, uma vez por semana, ou várias. Just run!

Se você está com a intenção de começar ou então procurando uma companhia para continuar, vamos juntas!

Fernanda Juliano

by Fernanda Juliano

POST A COMMENT