4 leitoras do Lolla em “Como vocês se conheceram?”

Happy Valentine’s Day! 4 leitoras do lolla contaram como elas conheceram os maridos/namorados/amores. Alguns viraram casamento, outros ainda estão construindo histórias. Fiz esse post com carinho, para você se inspirar e olhar a vida com um sorriso. Mesmo que as coisas não estejam como gostaria, elas estão como deveriam. Algumas historias foram mais lineares e outras dão um roteiro legal (como a minha!). Happy reading and lot’s of love.

PHOTO 2020 02 07 12 35 26 - 4 leitoras do Lolla em "Como vocês se conheceram?"

by Rafaela Mercaldo

Sempre soube que meu amor viria de longe. Gut feelings ou ecos da história dos meus próprios pais, um italiano e uma brasileira. Conheci meu namorado de um jeito previsível. Numa festa. Seria tudo normal se não fosse o fato dele ser um francês durante poucos dias de uma viagem à trabalho. Estava sem ingresso, postei na página do Facebook do evento, e logo recebi a oferta “tenho um sobrando”. Na porta do lugar, descem quatro caras de um táxi e no “olá” eu já sabia que estava numa transação comercial com franceses. Educadíssimos, bien sur. Um deles com nome espantosamente parecido com o meu e outras cositas más em comum. Foi quase um ano entre desencontros geográficos até um first date apropriado. Fast forward na história, dia 4 de março (countdown!) ele chega de mudança definitiva pro Brasil. Adeus fuso horário e olá vida à dois.

B727E207 1D78 4BE8 A4DB BB8EA82FCD54 - 4 leitoras do Lolla em "Como vocês se conheceram?"

by Victoria Panzan

Nos conhecemos em 2013, fazendo trabalho voluntário com crianças na periferia de São Paulo, aos fins de semana. O Bruno já participava da ONG quando eu entrei, mas o grupo era grande e por muitos meses quase não tivemos chance de conversar. No ano seguinte, quando finalmente nos apresentamos, foi afinidade a primeira vista e começamos a namorar na mesma noite.

Descobrimos que tínhamos muitos interesses, sonhos e valores em comum, então foi muito fácil de se apaixonar! Seguimos juntos no voluntariado até nos casarmos, em 2018, e nesses anos todos conseguimos ajudar muitas crianças, reformamos orfanatos e asilos, e construímos 3 capelas. Pouco tempo depois do casamento nos mudamos de São Paulo para Kuala Lumpur por conta do trabalho dele, e já estamos na Malásia há um ano e meio.

FF7D4012 1E01 4C5F 9D71 9A335F5202B3 - 4 leitoras do Lolla em "Como vocês se conheceram?"

by Talita Colin

 

Eu troquei de período no meio da faculdade e na primeira semana de aula na nova turma, estava esperando meu carro no estacionamento. Até que o Vi entrou no meu carro e eu fui falar com ele. Pediu desculpas, disse que confundiu porque nossos carros eram iguais e a placa também parecida. E era mesmo. Começamos então a nos falar na sala de aula, choramos por amores não correspondidos juntos, já que nós dois tinhamos terminado relacionamentos. Até que nos juntamos na vida e no trabalho, somos sócios de vida e de marca 🖤

 

46EB2DE8 290B 4F1E A059 8ECA1C686A77 - 4 leitoras do Lolla em "Como vocês se conheceram?"

by Amanda Rabachini

Meus pais são amigos dos pais do meu marido a vida toda, desde crianças, moravam na mesma rua. Quando minha sogra deu à luz ao meu marido, minha mãe foi visitá-la na maternidade e disse que faria uma filha para casar com ele. Passados muitos anos, nos reencontramos numa fila de embarque no aeroporto, indo para o mesmo lugar, mas totalmente coincidência. Não combinamos nada. Isso foi há 17 anos atrás. Estamos casados há 13 anos e temos 3 filhos!

marcos rosa - 4 leitoras do Lolla em "Como vocês se conheceram?"

by Rosa Zaborowsky (me, the editor!) 

Foi em Fevereiro de 2004, no começo das aulas na faculdade, quando o Marcos entrou na sala. Me lembro de olhar pra trás e reparar na maneira como ele caminhou até sentar do meu lado, da roupa que ele usava e de sentir algo estranho que eu descobri outro dia que tinha um nome: Koi No Yokan – Japanese. The sudden knowledge upon meeting someone that the two of you are destined to fall in love. Saímos algumas vezes, mas nossos dates eram na faculdade. Eu adorava ele, mas ele não deixava eu chegar muito perto. Fast forward para 7 anos depois, um dia acordei pensando no M. Nunca mais tive noticias dele e fui para o Facebook (chamei ele para ser meu amigo e passei o resto do dia dando refresh pra ver se ele aceitava). No mesmo dia ele me mandou uma mensagem e marcamos um jantar, que durou horas. Alguns almoços depois eu entendi o que tinha acontecido na época da faculdade, porque ele ficava tão distante, Marcos é judeu e eu não. E isso foi um issue durante um bom tempo, me lembro de falar pra ele “Eu continuo não sendo judia, você te certeza?”. Now here we are! 3 kids, 8 years and counting.  

Adoraria saber mais historias de casais pelo mundo. Deixe um comentário!

 

P.S. Quando Você Soube que Queria Casar com seu Marido? and Histórias sobre bad dates.

Rosa Zaborowsky

by Rosa Zaborowsky

Editor & Founder of Lolla.

Comentários

POST A COMMENT